A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

18/06/2010 10:29

Homem de 63 anos morre de dengue hemorrágica na Capital

Redação

Morador do bairro Monte Castelo, Euclides Queiroz, de 63 anos, faleceu ontem, por volta do meio dia, no CTI do hospital Sírio Libanês, de dengue hemorrágica.

No fim da tarde da segunda-feira, ele deu entrada na unidade sentindo fraqueza e reclamando de fortes dores no corpo.

Durante a madrugada, ele vomitou sangue e foi encaminhado para o Centro de Tratamento Intensivo.

Na terça-feira, ele entrou em coma induzido. A morte por dengue hemorrágica foi confirmada por meio de exames, informou a médica Fabrícia Santos, que trabalha no setor em que Euclides foi atendido.

Segundo o filho de Euclides, José Carlos Queiroz, 43 anos, ele era diabético e tinha problemas cardíacos. Entretanto, isso não teria contribuído para a morte, segundo garantiu médica.

O corpo de Euclides está sendo enterrado no cemitério Parque das Palmeiras, em Campo Grande.

A dengue já vitimou 35 pessoas em Mato Grosso do Sul em 2010, conforme balanço divulgado ontem pela Secretaria de Estado de Saúde.

A Capital concentra a maior quantidade de mortes causadas pela dengue, com 14 casos, seguida por Jardim (com 7) e Dourados (com 6 ocorrências).

O número de notificações também impressiona: em seis meses, são 77.024 notificações, com 50% delas concentradas em Campo Grande.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions