A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

18/11/2009 19:57

Homem desaparece ao fazer frete em Furnas de Dionísio

Redação

O frentista Almiro Ricardo de Souza, 50 anos, está desaparecido desde anteontem, quando foi fazer um frete com sua camionete F-4000, placas HRO-2034, nas Furnas de Dionísio, comunidade quilombola localizada a 45 quilômetros de Maracaju.

Quem registrou o boletim de ocorrência de desaparecimento de Almiro no Garras (Grupo Armado de Repressão a Roubos, Assaltos e Sequestros) foi uma amiga. Segundo ela, a vítima saiu de Campo Grande às 9h30 e na manhã de ontem teria ligado avisando que já estava retornando para casa.

No mesmo dia, por volta das 10h30, a amiga de Almiro novamente recebeu uma ligação com o número do celular dele, porém, do outro lado da linha a voz era baixa e dizia: "liga para a polícia que eu tô sendo sequestrado, eu tô na BR...".

Em depoimento prestado no Garras, a amiga de Almiro disse que depois dessa ligação, tentou retornar várias vezes para o número, mas ele não atendeu. De acordo com ela, a vítima faz ponto de frente em frente ao posto de saúde do bairro Nova Bahia.

No entanto, a filha de Almiro ficou sabendo do desaparecimento do pai e procurou a polícia para disponibilizar telefones e dizer que toda e qualquer informação sobre o pai deve ser comunicada à família e não à amiga.

Nesta quarta-feira, equipe do Garras recebeu informação de que Almiro havia sido encontrado na Capital, mas foi só alarde. Policiais civis do grupo já foram até as Furnas, mas não encontraram nada.

Por conta disso, a polícia trabalha com sequestro, contudo, a caminhonete até o momento também não foi encontrada.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions