A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

17/06/2010 14:10

Homem evita ir ao médico por preconceito e desinformação

Redação

A população masculina se tornou, nos últimos anos, alvo de campanhas de orientação por conta do aumento no número de casos de doenças e pela falta de informação sobre os perigos do descuido com a saúde. Em Campo Grande, o Movimento pela Saúde Masculina realiza atendimentos até sábado na Praça do Rádio.

Aguardando na fila ou nas cadeiras disponibilizadas após a entrega da senha, o público ainda reluta em comentar o motivo de procurar orientação.

"Já fiz o tal exame de próstata, e até precisei fazer raspagem, porque sentia muitas dores e não estava bem. Estou aqui porque as dores voltaram e estou preocupado. Mas é bem tranqüilo o exame", comenta João Xavier da Silva, de 67 anos.

Na opinião do aposentado, a baixa procura pelos serviços de urologia tem um motivo muito conhecido. "

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions