A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

09/09/2010 15:55

Homem que agrediu vereador será solto hoje; veja vídeo

Redação

O auxiliar administrativo Adailton Castro de Souza, de 35 anos, preso por jogar um sapato no vereador Aurélio Bonatto (PDT) durante sessão de hoje na Câmara dos Deputados em Dourados, a 230 quilômetros de Campo Grande, deve ser liberado até o fim desta tarde.

Neste momento ele presta depoimento na 2ª delegacia de Polícia de Dourados, para onde foi levado depois da agressão, mas não deve permanecer preso, conforme a Polícia.

O auxiliar ficou indignado com a presença do vereador na sessão, depois de ser preso por envolvimento em fraudes nas licitações da Prefeitura.

Em entrevista à Rádio Grande FM ele contou que a filha pequena está com um nódulo na garganta e precisa fazer um exame, só que não consegue viabilizar o procedimento no posto de saúde do bairro.

Os vereadores cancelaram a sessão desta manhã devido aos protestos. Imagens feita pela TV Record mostram o momento em que o auxiliar joga seu sapato no vereador, que é atingido em uma parte do rosto e no ombro.

Uragano - Operação da Polícia Federal resultou na prisão do prefeito de Dourados, Ari Artuzi (PDT), da primeira-dama Maria do Artuzi, do vice-prefeito Carlinhos Cantor (DEM), de 9 dos 12 vereadores, secretários municipais, servidores e empresários.

Deflagrada no dia primeiro de setembro, a ação prendeu 28 das 29 pessoas que tinham mandado de prisão temporária. Ao todo 60 pessoas foram indiciadas por vários crimes, a maioria por formação de quadrilha, corrupção e direcionamento de licitações.

Diversos vídeos mostram o prefeito, a primeira-dama e vereadores recebendo propina. De hospital a transporte, as licitações eram direcionadas para empresas "amigas", que pagavam comissão.

Os valores arrecadados serviam para o pagamento de mensalinho aos vereadores de Dourados, tanto da base aliada quanto da oposição, para caixa de campanha, além da compra de bens pessoais ao prefeito. As denúncias partiram do jornalista Eleandro Passaia, ocupante do cargo de secretário de Governo.

STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
UFGD oferece vagas em 36 cursos de graduação pelo Sisu
A UFGD (Universidade da Grande Dourados) está ofertando 944 vagas em 36 cursos de graduação para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada). As inscrições...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions