A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

22/02/2015 07:00

Horário de verão termina com domingo quente e sem previsão de chuva

Liana Feitosa
Com a chegada do fim do verão e a aproximação do outono, pôr do sol ocorrerá cada vez mais cedo. (Foto: Marcelo Calazans)Com a chegada do fim do verão e a aproximação do outono, pôr do sol ocorrerá cada vez mais cedo. (Foto: Marcelo Calazans)

O domingo será de sol em Campo Grande. De acordo com o Climatempo, a temperatura mínima registrada foi de 21°C na madrugada e, ao longo do dia, os termômetros podem atingir 32°C.

Com o fim do horário de verão, registrado na virada deste sábado (21), os relógios nos estados do Centro-Oeste, Sul e Sudeste do Brasil foram atrasados em 1 hora a partir da zero hora deste domingo. Portanto, os relógios marcaram 23 horas duas vezes no mesmo dia.

Com a chegada do fim do verão e a aproximação do outono, o pôr do sol ocorrerá cada vez mais cedo, diminuindo as horas de luz solar disponível durante o dia.

No Sul do Estado, na cidade de Dourados, o dia será quente, com máxima prevista para 34°C. Haverá sol com muitas nuvens e pode chover à tarde e à noite.

Em Três Lagoas, Leste de Mato Grosso do Sul, a máxima também pode chegar a 34°C, mas não há previsão de chuva.

Em Corumbá, já na região da fronteira com a Bolívia, a máxima não passa dos 33°C, ainda de acordo com o Climatempo. A previsão é de sol, mas haverá aumento de nuvens de manhã e, por isso, podem ocorrer pancadas de chuva à tarde e à noite.

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions