A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

24/10/2010 12:40

Igreja de padre detido repudia desocupação de invasores

Redação

A Icab (Igreja Católica Apostólica Brasileira) enviou nota de repúdio sobre a maneira como as pessoas que invadiram o ginásio poliesportivo do bairro Vida Nova, em Campo Grande, foram retiradas do local na última sexta-feira (22). A informação é do padre Wender Vital, integrante da denominação.

Conforme o padre, os policiais da Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações) agiram com agressividade desnecessária. Ele adianta que bispos de diversas regiões do Brasil deverão se reunir ainda nesta semana para discutir o ocorrido e a prisão do padre Roberto Barbosa, que mediava a negociação, durante o conflito entre invasores e policiais.

Após a saída das famílias que haviam ocupado irregularmente as casas do Residencial Iguatemi, o padre Roberto Barbosa acompanhou o acampamento no terreno vizinho.

O padre Wender explica que Barbosa não apoiou a invasão, mas "a luta dessas pessoas por um local para morar". Segundo ele, a Igreja Católica Apostólica Brasileira tem como lema "Deus, terra e liberdade", por isso defende aqueles que ainda não têm o seu espaço.

O padre destaca que a igreja vai contestar a retirada das mais de duas mil pessoas do ginásio. "Nós defendemos a terra para os pobres. Sempre estamos ao lado dessas pessoas mais oprimidas da sociedade".

Ele reclama ainda das "autoridades públicas" e acusa de não terem dialogado para buscar a melhor forma de resolver o problema.

Sacerdócio - Wender Vital esclareceu que o mal entendido em questionar o título de padre de Barbosa foi devido à igreja não ser católica romana, mas sim a brasileira.

"A nossa igreja existe em mais de 60 países e possui no Brasil mais de 2,5 milhões de fieis", disse o padre. Uma das diferenças com a igreja católica romana, segundo o padre, é que não há castidade obrigatória e muitos padres são casados.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions