A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

20/10/2009 22:59

Índios discutirão demarcação em Sidrolândia amanhã em SP

Redação

Amanhã, às 19h, grupos indígenas das aldeias Córrego do Meio, Lagoinha e Buriti, juntamente com representantes e o presidente da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Ademar da Silva Junior, irão a São Paulo (SP) para acelerar o processo de demarcação de 17.200 hectares, distribuídos em três fazendas na região de Sidrolândia.

Venicio Jorge, membro do Cedin/MS (Conselho Estadual dos Direitos do Índio de Mato Grosso do Sul) e representante da aldeia Córrego do Meio, disse ao Campo Grande News que os grupos indígenas querem se reunir com Nelton dos Santos, relator dos processos que envolvem as terras a serem demarcadas.

Nesta semana índios das três aldeias ocuparam as fazendas 3R, Cambará e Querência São José. Ontem à noite, os índios das aldeias Córrego do Meio e Lagoinha desocuparam a 3R e a Cambará. Só a Querência São José é que continua ocupada por indígenas da aldeia Buriti.

Cerca de 4.500 índios estão confinados em 2.090 hectares de áreas homologadas em Sidrolândia. Eles reivindicam a demarcação dos 17.200 hectares.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions