A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

09/09/2010 10:59

Índios estão acampados na entrada de área em Douradina

Redação

Os índios que foram expulsos por proprietários rurais em Douradina, após invadirem a área no fim de semana, continuam acampados na estrada, próximo à terra reivindicada. Donos de terras e seguranças fizeram plantão no local, durante a noite, para evitar uma nova ocupação pelos índios Caiuá.

Na segunda, chegou a haver confronto, quando os proprietários rurais colocaram fogo no acampamento que havia sido montado na área. O MPF (Ministério Público Federal) e Funai (Fundação Nacional do Índio) em Dourados enviaram representantes ao local e hoje a situação é considerada sob controle.

Apesar disso, os proprietários prometem voltar a fazer plantão, caso os índios voltarem para a área, como informou o presidente do Sindicato Rural de Douradina, Cláudio Pradella.

Não houve registro policial da invasão nem pedido à Justiça para desocupação da área, que fica ao lado das aldeias Lagoa Rica e Panambi. Parte da terra, 300 hectares, está em posso dos índios, que reinvidicam os outros 1,7 mil hectares.

De acordo com a informação da Funai, a área faz parte das que estão em estudo para demarcação em Mato Grosso do Sul. Na década de 1970, chegou a haver estudos considerando a área indígena, mas não houve a homologação oficial.

A terra faz parte da antiga Colônia Agrícola de Dourados, formada no governo Getúlio Vargas para povoar a região, que depois, após muita polêmica, teve uma parte grande transformada em aldeia indígena.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions