A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

04/02/2009 15:33

Infraero muda diretor do aeroporto de Campo Grande

Redação

A Infraero vai substituir os atuais empregos em cargos de confiança, inclusive, com troca na direção do aeroporto Internacional de Campo Grande. A medida é anunciada um ano depois do último ajuste na sua estrutura gerencial.

Segundo nota divulgada hoje pela assessoria, é "a mais abrangente modificação nas funções de confiança da Empresa, atingindo todo o Brasil".

Atualmente, Mário Ilto responde pela superintendência em Campo Grande, mas no aeroporto não é repassada qualquer informação sobre a troca de direção.

A Infraero trata as modificações como rodízios de executivos, nos aeroportos de Porto Alegre (RS), Pelotas (RS), Bagé (RS), Uruguaiana (RS), Criciúma (SC), Navegantes (SC), Joinville (SC), Curitiba (PR), Campinas (SP), Guarulhos (SP), Congonhas (SP), Confins (MG), Uberlândia (MG), Galeão (RJ), Campo Grande (MS), Vitória (ES), Ilhéus (BA), Salvador (BA), Paulo Afonso (BA), Aracaju (SE), Maceió (AL), Recife (PE), Petrolina (PE), Campina Grande (PB), Fortaleza (CE), Juazeiro do Norte (CE), Parnaíba (PI), Teresina (PI), Belém (PA), Altamira (PA), Santarém (PA) e Boa Vista (RR).

As alterações envolvem praticamente toda a estrutura organizacional, "desde os cargos de coordenador, até os de Superintendente Regional", esclarece a assessoria.

Sem especificar quem são, o órgão informa que 25 empregados foram promovidos aos cargos de Superintendentes Regionais, Superintendentes de Aeroportos, Gerentes e Coordenadores, pela primeira vez.

Segundo o presidente da Infraero, Tenente Brigadeiro do Ar Cleonilson Nicácio Filho, "a Empresa busca resultados e está orientada para a segurança e o conforto do passageiro".

Mudança já haviam sido feitas nos Aeroportos de Brasília (DF), Guarulhos (SP), Campinas (SP), Congonhas (SP), Galeão (RJ), Santos Dumont (RJ) e Confins (MG)

A modificação ocorre em um momento particular da Infraero, que administra 67 aeroportos no Brasil. São previstos investimentos em todas as cidades candidatas para garantir o conforto e a segurança dos usuários.

As obras de melhorias de terminais de passageiros, pistas e pátios de aeronaves, entre outras, chegam a R$ 4,71 bilhões. Em Campo Grande, o projeto é de ampliação em 1.5 mil hectares.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions