A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018

08/11/2018 19:09

A uma semana do feriado, maior destino turístico de MS já está cheio

Município se prepara receber alto número de turistas no próximo feriadão

Gabriel Neris
Flutuações também são opções de lazer no município (Foto: Divulgação)Flutuações também são opções de lazer no município (Foto: Divulgação)

Quem ainda pretende passar o próximo feriadão, a partir de dia 15 de novembro (Proclamação da República), em Bonito – a 257 km de Campo Grande –, precisa se apressar. A rede hoteleira praticamente não tem mais quartos disponíveis para a data e o município se prepara para receber um grande número de turistas na quinta-feira.

De acordo com a Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio, dos cerca de 7 mil leitos em hotéis e pousadas, 90% já estão reservados. “É uma grata surpresa termos essa data cheia. Se levarmos em parâmetro o feriado do dia 2 (Finados), a cidade estava bem cheia, agora a rede hoteleira está lotada”, comenta o secretário Augusto Barbosa Mariano.

Segundo ele, ainda estão fora dessa conta o número de casas ou quartos alugados, pessoas que visitam os familiares e outros tipos de acomodações, como o AirBnB, plataforma digital de hospedagem. “As famílias redescobriram Bonito, são muitos casais com filhos, fatores positivos que vão além da importância da economia local”, diz Mariano.

Segundo ele, o município tem uma estrutura preparada para transporte, turismo, hotel e gastronomia, impulsionando a economia local. A cadeia movimenta cerca de 6,5 mil trabalhadores com carteira assinada de forma direta. “Fora os que estão indiretamente, como à senhora que vende o pão caseiro para o hotel. Para você ter uma ideia, a maior empregadora do município é a prefeitura. A segunda é o Hotel Zagaia”, completa.

Turista pode fazer rapel no Abismo Anhumas, mas valor é salgado (Foto: Divulgação)Turista pode fazer rapel no Abismo Anhumas, mas valor é salgado (Foto: Divulgação)

O Zagaia tem 600 leitos e já está com toda a capacidade reservada para a partir de quinta-feira, segundo Regina Aivy, responsável pelo atendimento de reservas do estabelecimento.

A Pousada Guarany, que funciona como clube da rede Candeias durante a alta temporada, também não tem mais vagas. “Todos os feriados os quartos são lotados”, comenta o gerente Edson Luiz Soares.

Em consulta ao Trivago, site de busca e comparador de preços, aponta que a hospedagem mais barata para quarto individual é de R$ 57 a diária no hotel Los Hermanos. As diárias para casal mais em conta são no Hotel Bonito Experience, por R$ 125, e Hotel Ecological Expeditions, R$ 130.

Mas não são apenas os hotéis e pousadas que se preparam para a alta temporada. Os donos de bares e restaurantes também se mobilizam para que nada falte durante o período. Segundo o gerente do Restaurante O Casarão, Daniel Alves, diz que o local precisa dobrar o estoque, principalmente de alimentos, como peixe, carne e sobremesas. “A equipe está preparada”, diz.

Quem vai para Bonito tem como opção aproximadamente 80 atrativos. Os mais procurados são a Gruta do Lago Azul e os flutuação. A Praia da Figueira é uma das atrações mais baratas, onde o turista pode mergulhar e se alimentar nos quiosques sem precisar saída d’água. O custo é de R$ 65 por pessoa.

As grutas de São Mateus e São Miguel também são opções para quem pretende conhecer as cavernas. O custo é de R$ 65 em cada. O Balneário Municipal é um dos locais mais procurados para quem quer se refrescar e não pretende gastar. O valor é de R$ 36 por pessoa.

Entre os mais caros está o Abismo Anhumas, com direito a rapel de 72 metros por uma fenda na rocha e flutuação subaquática. O investimento é de R$ 910 por pessoa. O mergulho no Abismo Anhumas, também com direito a rapel, é de R$ 1.028.

Nas opções de passeio também estão o aquário natural, tirolesas, cachoeiras, trilhas ecológicas, bóia cross, o Buraco das Araras, cavalgadas, passeios de botes, quadriciclos, rapel, entre outros.

Para quem pretende chegar ao município de avião partindo de Campinas (SP), a Azul Linhas Aéreas está oferecendo passagens para quarta-feira por R$ 819,10 e sexta-feira por R$ 709,10. A chegada é sempre por volta das 12h30.

Já quem prefere ir por terra, são três alternativas. A primeira delas é van. A Vanzella Transportes é a que mais oferece horários no trecho Campo Grande/Bonito, com custo de R$ 80 por pessoa. Os veículos saem da Capital diariamente às 10h, 11h30, 14h30, 16h30, 19h e 23h.

Pela viação de ônibus Cruzeiro do Sul, as passagens para o feriado custam R$ 63,11 com saída da Capital às 8h, 13h e 16h, levando em torno de quatro horas para fazer o percurso.

Já para quem vai de carro, o caminho mais indicado saindo de Campo Grande é pegar a BR-060, saída para Sidrolândia, passando por Nioaque, a BR-419 até chegar em Guia Lopes da Laguna, onde entrará na MS-382 e por fim na MS-178 até chegar ao destino final. Quem parte de Aquidauana, por exemplo, pode usar a BR-419 e posteriormente a MS-345. Quem parte de Corumbá pode chegar ao município saindo pela BR-262, depois acessando a MS-339 e a MS-178.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions