A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2017

21/03/2012 17:19

Aberto só até 20h, Aeroporto de Corumbá provoca críticas

Fabiano Arruda
Pousos e decolagens após o horário dependem de autorização de departamento da FAB. (Foto: Divulgação/Infraero)Pousos e decolagens após o horário dependem de autorização de departamento da FAB. (Foto: Divulgação/Infraero)

O funcionamento do Aeroporto Internacional de Corumbá, um dos principais destinos turísticos de Mato Grosso do Sul, até as 20 horas apenas, está gerando críticas.

A reclamação é que, por conta do horário, passageiros que vão ao município para prestigiar eventos, por exemplo, acabam sem ter como viajar após esse horário.

Outra crítica é que o Aeroporto de Dourados, cidade que tem menor potencial turístico que Corumbá, é o único do interior a funcionar 24 horas.

O piloto comercial e proprietário de empresa de táxi aéreo, José Eduardo Rolim Júnior, comenta que já presenciou transtornos por causa da restrição.

Segundo ele, o aeroporto tem totais condições para receber pousos e decolagens à noite como balisamento noturno. No entanto, os funcionários que auxiliam os pilotos não trabalham após o pôr do sol, diz.

“Isto é totalmente inviável, já que a cidade cresce muito, faz divisa com fronteira. E para pedir operar após as 20 horas é preciso passar por uma burocracia e pedir autorização à DECEA (Departamento de Controle do Espaço) controlada pela FAB (Força Aérea Brasileira”, explicou.

Rolim explica que a maioria dos voos com destino a Corumbá são comerciais e, geralmente, clientes adotam o transporte para ganhar tempo. “Alguns casos são imprevisíveis e não se pode ficar à mercê de autorizações”, comenta.

Quem também faz críticas a situação é o deputado estadual Paulo Duarte (PT). “O aeroporto tem estrutura, iluminação e é subutilizado, o que é absurdo”, disparou, alegando que foram investidos, recentemente, R$ 20 milhões no local.

O petista condenou a aplicação do recurso enquanto o aeroporto segue no mesmo horário de operação o que, para ele, pode trazer prejuízos ao município.

“Alguém pode questionar que a minoria utiliza o avião, mas se uma cidade quer se desenvolver é preciso ter estrutura preparada”, pontuou, garantindo que vai cobrar da Infraero explicações sobre o caso.

O diretor-presidente da Fundação de Cultura e Turismo de Corumbá, Rodolfo Acef, revela que a Prefeitura reivindica que um voo da empresa Gol, que sai de Campo Grande com destino a Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, faça escala em Corumbá.

A manobra serve como estratégia para gerar maior movimentação no aeroporto e forçar a Infraero a contratar mais pessoal para trabalhar.

Segundo Acef, uma consulta técnica apontou que é viável a escala e falta consultar a Gol. “A Infraero me pergunta qual a necessidade de o aeroporto funcionar 24 horas se tem apenas um voo diário. Por isto precisamos criar demanda”, explicou.

Do outro lado, a Infraero, por meio da assessoria de imprensa, comenta que a operação do aeroporto até as 20 horas se deve estritamente a falta de demanda por possuir apenas um voo diário. O restante do movimento é oriundo de voos comerciais.

Segundo a Infraero, pousos e decolagens depois das 20 horas são autorizados por meio de pedido de autorização ao DCEA. As exceções ficam por conta para aeronaves de emergência e ambulância.




ai ainda ta bom e em ponta pora que tão enterrando milhoes naquele elefante branco e nao tem nem um voo anual imagina um diario.
 
paulo soares em 21/03/2012 10:15:00
Estamos vivendo em uma "Pseudo-Democracia", ou uma "Ditadura Vermelha" onde a aviação é vista apenas através de Empresas de baixo custo com caráter populista!
Empresários e Pilotos particulares que se utilizam e trabalham na aviação geral e executiva sentem-se prejudicados e até discriminados como se trabalhar e possuir uma empresa ou aeronave própria fosse uma coisa desnecessária e "exagerada".
 
Paulenir de Barros em 21/03/2012 07:25:28
Sim, pousos e decolagens depois das 20:00 hs são autorizados, com um pequeno detalhe:
- Vc tem que pedir uma autorização para Curitiba/PR, com pelo menos 24 horas de antecedência, e explicar o motivo do pouso.
 
Altair César em 21/03/2012 06:02:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions