A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 25 de Maio de 2017

25/01/2014 19:30

Acusado de cobrar propina, ex-secretário tenta reverter pedido de prisão

Vinícius Squinelo
Polícia não localizou ex-secretário (foto: arquivo)Polícia não localizou ex-secretário (foto: arquivo)

O ex-secretário municipal de Finanças de Chapadão do Sul, Altair José Bevilacqua, preso em flagrante no dia 10 de dezembro ao receber R$ 36 mil de propina, ainda não foi encontrado pela polícia e tenta na Justiça revogar o pedido de prisão.

Ontem, o desembargador Dorival Moreira dos Santos revogou a liminar concedida ao Habeas Corpus no dia 24 de dezembro de 2013 e determinou a expedição do mandado de prisão preventiva contra Altair José.

Altair ainda não foi localizado pela polícia, porém não é considerado foragido, já que não foi intimado do mandado. Para revogar o pedido de prisão, ele depende da votação da turma criminal do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Os advogados de Altair conseguiram colocar o ex-secretário em liberdade 14 dias depois de ele ser preso em flagrante pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), ainda em 2013, ao receber propina de uma construtora que comandava obras de reforma na Escola Municipal Cecília Meireles.

Ontem, o Habeas Corpus foi expedido em Campo Grande, com aval da corregedora de plantão Tânia Garcia de Freitas, e encaminhado através de fax ao juiz plantonista de Chapadão do Sul.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions