ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Acusado de estuprar adolescentes em assalto é condenado a 20 anos

Crime ocorreu no dia 29 de janeiro, no Bairro Jardim Pelicano, região leste do município de Dourados

Por Bruna Marques | 18/04/2024 06:47

Assaltante de 23 anos, que estuprou e roubou duas adolescentes em Dourados, distante 251 quilômetros de Campo, foi condenado a 20 anos e 8 meses de prisão. O crime ocorreu no dia 29 de janeiro deste ano, no Jardim Pelicano, região leste do município.

O acusado é natural do estado do Pará e segundo o site Dourados News, estava morando no Jardim Canaã I, em Dourados.

O homem já cumpriu pena por roubo e teve prisão preventiva decretada pelo crime de estupro no dia 31 de janeiro, deste ano, pela 4ª Vara Criminal de Dourados. No mesmo dia, o mandado de prisão foi cumprido e ele foi capturado por policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) e da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), quando chegava em casa com a namorada.

Durante as investigações, a polícia conseguiu imagens do autor do roubo carregando os objetos da casa logo após o crime. E, a partir das imagens, foi possível identificar o homem acusado de estupro. A condenação ocorreu na sexta-feira (12) e está sujeita a recurso.

O caso – No dia 29 de janeiro, a Polícia Civil recebeu a notícia da prática de crimes de roubo seguido de estupro contra duas adolescentes, de 15 e 16 anos, ocorrido na cidade. Logo após a denúncia, equipes da DAM se deslocaram ao local onde o suposto crime aconteceu para realizar a perícia.

Na ocasião, as vítimas foram encaminhadas para a realização do exame de corpo de delito sexológico. Ainda no dia 29, as duas adolescentes foram ouvidas em depoimento especial e, a partir de então, foi possível compreender a dinâmica do delito.

Conforme divulgado pela assessoria da Polícia Civil, o autor, por volta de 8h40 do dia 29, entrou na residência das vítimas pulando o muro, entortou a grade da cozinha e conseguiu acessar a casa pela janela. Após subtrair uma televisão de 32 polegadas, o indivíduo, já do lado de fora, percebeu que havia adolescentes na casa. Então, retornou para a casa e abusou sexualmente delas.

Conforme apurado pela reportagem, a mãe de uma das jovens saiu para trabalhar e deixou a filha em companhia de uma amiga na noite anterior. No início desta segunda, elas ouviram barulhos na cozinha e ao verificar o que havia acontecido, encontraram um homem que adentrava pela janela.

Antes de entrar na casa, o suspeito foi ao varal, pegou uma bermuda e colocou na cabeça para esconder o rosto. O indivíduo então anunciou o assalto e pediu para que as adolescentes fossem até o quarto.

Dizendo estar armado, ele questionou se havia mais alguém na residência. Com a negativa, mandou que ambas se virassem em direção a parede para consumar a conjunção carnal.

Após o estupro, o assaltante teria pegado dois aparelhos celulares, quantia em cédulas nacionais, uma mochila preta, cartões de crédito e um aparelho televisor. Na sequência, tomou rumo ignorado.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias