A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Outubro de 2017

30/01/2014 18:49

Após denúncia falsa, Polícia e Exército ainda procuram por casal desaparecido

Mariana Lopes

Uma denúncia falsa encheu de esperança os corações das famílias de Amanda Galhardo, 15 anos, e Agnaldo de Oliveira Silva Júnior, 20 anos, que estão desaparecidos desde sexta-feira (24). O casal foi visto pela última vez próximo a uma estrada de Taboco, distrito de Aquidauana, distante 135 quilômetros de Campo Grande.

A notícia que chegou à delegacia regional, na tarde desta quinta-feira (30), foi de que o casal teria sido encontrado em uma estrada. Contudo, informação foi desmentida após a Polícia Civil encaminhar uma equipe de investigadores até o local indicado e constatar o engano.

De acordo com o delegado titular da Delegacia Regional de Aquidauana, Antenor Camargo Leme, a Polícia Civil está com uma equipe com quatro investigadores que estão empenhados na busca, que está todos os dias na região onde o casal foi visto pela última vez.

“Nossos policiais estão no local colendo informações nas fazendas e propriedades da região”, ressalta o delegado. As buscas também contam com o apoio do Exército, já que o rapaz era militar.

Até o momento cinco pessoas da família do casal foram ouvidas pelo delegado, sendo os pais, irmãos e tias. Contudo, a Polícia ainda não tem pistas do paradeiro dos jovens desaparecidos.

“Só teve boato até agora, mas próximo ao local ninguém sabe dar informação, e a família também não sabe muita coisa”, pontua o delegado. Diante de pouca pista, a Polícia Civil não descarta nenhuma possibilidade ou linha de investigação.

Não é estrada perigosa, primeira ocorrência, é zona rural, onde eles param tem residência próximo
Conforme relatos que o delegado pegou no Exército, Agnaldo é “um ótimo soldado, não tem nenhum desafeto e as famílias apoiavam o relacionamento do casal, portanto, aparentemente não há motivos para os terem fugido”.

Caso – Amanda e Agnaldo saíram de Anastácio no meio da tarde de sexta-feira para ir a uma fazenda da tia do rapaz, que fica próxima a Taboco. Por volta das 15h20, o rapaz ligou para a mãe dele avisando que o pneu da moto havia furado e eles voltariam para a cidade empurrando o veículo.

Porém, como os dois não chegavam, a família resolveu ir atrás do casal, mas não encontraram os jovens. Testemunhas disseram que viram os dois empurrando a moto com o pneu furado a mais ou menos 22 quilômetros de Anastácio, na estrada que vai para Taboco.

O casal foi visto pela última vez às 17h, por uma mulher de outra fazenda. Segundo ela, os dois empurravam a moto em meio a uma comitiva de boiadeiro.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions