ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 

Interior

Câmera mostra perseguição e policial atirando nos pneus de Toro com maconha

Motorista do tráfico tentou fugir pela contramão, mas foi preso logo em seguida

Por Helio de Freitas, de Dourados | 19/03/2021 09:52
Fiat Toro com marcas de bala após perseguição, quarta-feira (Foto: Direto das Ruas)
Fiat Toro com marcas de bala após perseguição, quarta-feira (Foto: Direto das Ruas)

Câmera da concessionária CCR MSVia gravou parte da perseguição policial a picape Fiat Toro com uma tonelada de maconha, quarta-feira (17( na BR-163 entre Caarapó e Dourados. O condutor, chamado no jargão policial de “cavalo doido”, fugiu por 30 km de policiais rodoviários federais e só foi preso quando chegava ao perímetro urbano de Dourados.

Durante a fuga, mesmo com a picape crivada de balas, João Aparecido Benites Escobar, 47, bateu de propósito em um Gol. Desgovernado, o carro rodou na pista e atingiu uma das viaturas da PRF.

Imagens obtidas pelo Campo Grande News mostram bloqueio feito pelos policiais no trevo de acesso à Embrapa Agropecuária Oeste. Uma carreta foi colocada na estrada para impedir a passagem da Toro com droga.

Ao perceber o bloqueio, o motorista seguiu pela contramão. Quando passava pelo trevo, um policial sai do meio dos carros e atira nos pneus. Ele conseguiu atingir o alvo. O acidente que tirou a viatura da estrada ocorreu pouco antes desse momento.

Veja o vídeo:

A maconha saiu de Capitán Bado, cidade paraguaia vizinha de Coronel Sapucaia (MS), a 400 km da Capital. Natural de Amambai, o motorista da Toro mora atualmente no lado paraguaio da fronteira.

João Aparecido foi autuado em flagrante na delegacia da Polícia Federal em Dourados. Ele disse que a droga seria entregue em Dourados. Os outros dois homens presos como suspeitos de serem batedores foram ouvidos e liberados.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário