A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

10/12/2015 12:38

Cano estoura e vazamento de amônia leva 60 funcionários ao hospital

Mariana Rodrigues
Funcionários passaram mal e tiveram que ser encaminhados para a Santa Casa do município. (Tiago Apolinário/Da Hora Bataguassu)Funcionários passaram mal e tiveram que ser encaminhados para a Santa Casa do município. (Tiago Apolinário/Da Hora Bataguassu)

Cerca de 60 funcionários do Laticínio de Bataguassu, que fica na rodovia MS-395, no município distante a 335 km de Campo Grande, passaram mal após um vazamento de amônia nesta quinta-feira (10). Eles foram atendidos pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados para a Santa Casa do município.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, um cano de amônia teria estourado provocando o vazamento e atingindo grande parte interna da indústria e externa. As instalações da empresa foram esvaziadas, até a chegada do bombeiros que conseguiram conter o vazamento.

Segundo informações do site Da Hora Bataguassu, diversas pessoas que trabalham na empresa acabaram inalando o gás e acabaram passando mal. Equipes de Resgate do Corpo de Bombeiros uma ambulância da Secretária de Saúde, além de carros particulares, encaminhavam a todo o momento pessoas que estavam passando mal por conta da inalação do gás, uma das vítimas chegou a desmaiar, sendo encaminhada inconsciente para o pronto socorro.

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros de Bataguassu, Major Quintana, o local está com a licença de funcionamento em dia, ainda segundo ele a vistoria técnica que aprova os projetos de segurança, para a liberação da licença do corpo de bombeiros, teria sido realizadas há poucos dias pelos militares, bem como também a expedição da licença.

Agora serão tomadas as medidas administrativas, sendo também realizada uma vistoria no local juntamente com o engenheiro da unidade, para esclarecer realmente o que gerou o vazamento no local. Não há risco de explosão, conforme informou o Corpo de Bombeiros.

O Campo Grande News entrou em contato com o hospital para onde as vítimas foram encaminhadas e foi informado que cerca de 60 pessoas estão sendo atendidas, porém o estado de saúde dos funcionários do laticínio não foi informado.

Vazamento de amônia deixa câmara fria de frigorífico interditada por mais de 24h
Um vazamento de gás amônia interditou, por mais de 24h, uma câmara fria do Frigorífico Navi Carnes, que fica na MS-080 em Rochedo – a 74 quilômetros ...
Bombeiros fecham vazamento de amônia, e laboratório pode abrir depois do Natal
O Corpo de Bombeiros encerrou os trabalhos de contenção do vazamento de amônia em um laboratório na Rua Padre João Crippa, entre as ruas Antônio Mari...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions