A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

18/04/2016 11:49

Caravana encerra mutirão, mas consultas e cirurgias vão até dia 26

Estrutura para atendimento de pacientes com problemas nos olhos permanece no Complexo Jorjão e procedimentos cirúrgicos continuam em hospitais de Dourados e Fátima do Sul

Helio de Freitas, de Dourados
Exames e cirurgias oftalmológicas para pacientes já agendados continuam em Dourados (Foto: Eliel Oliveira)Exames e cirurgias oftalmológicas para pacientes já agendados continuam em Dourados (Foto: Eliel Oliveira)

A Caravana da Saúde continua até o dia 26 deste mês em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Ontem (17) terminou o período de atendimento concentrado, chamado de “Dia D”, que começou na sexta-feira. Exames e consultas de especialidades de pessoas que procuram o local de atendimentos foram encerrados no domingo, mas a caravana continua, para atender pacientes com cirurgias agendadas.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Dourados, parceria do governo do Estado na realização da caravana, as consultas de oftalmologia continuam sendo feitas, basta o paciente acima de 55 anos comparecer ao Complexo Jorge Antonio Salomão, o “Jorjão”, no Jardim Água Boa.

Também estão sendo feitas as consultas em outras especialidades, mas com prioridade a pacientes que já estejam na fila do SUS (Sistema Único de Saúde) e receberam ligação da Secretaria de Saúde confirmando o agendamento. É preciso levar o Cartão SUS e documentos pessoais.

Também continuam sendo feitas em hospitais de Dourados e de Fátima do Sul as cirurgias eletivas em várias especialidades. Segundo o governo do Estado, serão feitas até o final do mês 1.600 cirurgias eletivas, sendo 1.290 em Dourados e 310 em Fátima do Sul, no Hospital da Sias.

Além de Dourados, a 10ª edição da Caravana da Saúde atendeu pacientes de Caarapó, Deodápolis, Douradina, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Itaporã, Jateí, Laguna Carapã, Rio Brilhante e Vicentina.

Balanço – Conforme balanço parcial repassado ao Diário MS pela assessoria do governo de Mato Grosso do Sul, até ontem já tinham sido feitas 851 cirurgias oftalmológicas nas carretas da caravana, instaladas no Complexo Jorjão.

Também foram feitas 7.806 consultas em várias especialidades, como cardiologia, dermatologia, neurologia, nutrição, ortopedia, otorrino, e oftalmologia. Já em exames de HIV, mamografia, PSA e ultrassonografia foram 10.215 até ontem.

Ação contra a dengue – Outro trabalho realizado em Dourados durante a Caravana da Saúde foi o mutirão de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, febre chikungunya e zica vírus. A ação, com apoio de homens do Exército e voluntários, atingiu oito mil imóveis no Grande Água Boa.

Segundo a Secretaria de Saúde, a força-tarefa mobilizou pelo menos 700 pessoas, localizou 45 focos do mosquito, eliminou mosquito adulto com fumacê e fez a limpeza e roçadas de terrenos baldios.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions