A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Setembro de 2019

10/11/2017 08:09

Caseiro de 61 anos é amarrado, torturado e morto em fazenda

Suspeita é de que a vítima foi espancada até a morte com um pedaço de madeira

Guilherme Henri

Idoso de 61 anos foi amarrado, torturado e morto ontem (9) próximo a fazenda onde trabalhava como caseiro, na estrada do Bila, em Amambai – a 360 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o registro policial, a vítima foi identificada como Flori Pereira Balta. O crime foi descoberto depois que policiais civis receberam a informação por meio de uma ligação telefônica.

No caminho para a cena do crime os policiais encontraram dois veículos. Um deles foi abandonado, pois atolou na estrada que dá acesso a propriedade rural. Já o outro, que estava alguns metros a frente foi incendiado.

Já na fazenda, os investigadores encontraram o corpo de Flori a cerca de mil metros de onde fica sua casa.

O caseiro estava com os pés amarrados com um cinto de couro no arame da cerca da fazenda. Haviam vários hematomas pelo corpo e a vítima estava com o rosto desfigurado. A suspeita é de que ele foi torturado com um pedaço de madeira, o que também pode ter sido a causa da morte.

Questionados, familiares da vítima que estavam no local afirmam desconhecer qualquer motivo ou quem possa ter cometido o assassinato.

O corpo foi encaminhado para o IMOL (Instituto de Medicina de Odontologia Legal) de Ponta Porã e depois liberado à família para ser velado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions