ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  11    CAMPO GRANDE 16º

Interior

Casos positivos triplicam e comitê diz que exames liberados aumentaram

Depois de alguns dias com menos de 50 testes positivos diários, Dourados informou 120 novos casos hoje

Por Helio de Freitas, de Dourados | 16/07/2020 11:44
Hospital da Vida, em Dourados; cidade tem 43 pacientes com covid-19 internados e 21 são de cidades da região (Foto: João Pires/Estado Notícias)
Hospital da Vida, em Dourados; cidade tem 43 pacientes com covid-19 internados e 21 são de cidades da região (Foto: João Pires/Estado Notícias)

O número diário de casos novos de coronavírus triplicou nesta quinta-feira (16) em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Com menos de 50 testes positivos por dia desde o final de semana, hoje o comitê local de enfrentamento à covid-19 anunciou 120 casos novos em relação a ontem e o total de pessoas já infectadas na cidade chegou a 3.649.

Em transmissão ao vivo na página da prefeitura no Facebook, o comitê explicou que o aumento se deve ao maior número de testes liberados nas últimas 24 horas pelo Laboratório Central. Outros 166 testes liberados de ontem para hoje apresentaram resultado negativo.

Dourados chegou ao índice de 1.644 casos por cem mil habitantes e tem 1.395 casos ativos. São 2.208 infectados já recuperados e 1.373 em isolamento domiciliar.

Pelo terceiro dia consecutivo a cidade não registrou mortes pela covid-19. Epicentro da doença em junho, Dourados tem 46 óbitos e foi superada hoje por Campo Grande, que já conta 50 mortes.

Conforme o comitê, 22 moradores de Dourados com resultado positivo estão internados, sendo oito em enfermaria e 14 em leitos de UTI. Outras 21 que moram em cidades da região também estão internadas em Dourados – 11 em enfermaria e 12 em UTI – totalizando 43 leitos ocupados por pacientes com covid-19.

Dourados tem ainda 44 pacientes internados com srag (síndrome respiratórias aguda grave), tratados como suspeitos de covid-19, o que eleva para 87 o número de leitos ocupados na cidade por pacientes infectados pelo coronavírus e com síndromes respiratórias.