A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

29/04/2011 20:22

Cautelar suspende eficácia da “Lei do Barulho” em Corumbá

Paulo Fernandes

Medida cautelar proposta pelo MPE (Ministério Público Estadual) foi concedida nesta sexta-feira pelos desembargadores do Órgão Especial do Tribunal de Justiça declarando inválida a Lei Complementar Municipal 117, de 19 de fevereiro de 2008, que define horários e locais de eventos festivos em Corumbá (na fronteira com a Bolívia), além do nível máximo de som ou ruído permitido.

A lei estipulava níveis máximos de som ou ruído acima dos estipulados pelas normas técnicas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Corumbá é palco de um dos mais importantes eventos culturais de Mato Grosso do Sul, o Festival América do Sul, que neste ano acontece até 1º de maio com grandes shows musicais, dança, teatro, circo, exposições de artes plásticas, mostras de artesanato e cinema, apresentações de artistas de rua, debates e palestras. Além disso, o melhor Carnaval de Mato Grosso do Sul acontece em Corumbá.

A cautelar foi concedida por maioria em Ação Direta de Inconstitucionalidade proposta contra a Câmara Municipal de Corumbá.

O MPE sustentou que a Câmara Municipal desrespeitou a Constituição Estadual porque os níveis máximos de som ou ruídos estão previstos nas normas técnicas da ABNT.

Relator do processo, o Desembargador Divoncir Schreiner Maran ressaltou as divergências entre as determinações da lei municipal e a ABNT. “A Lei Complementar Municipal, a pretexto de resguardar interesse local a respeito do local e horário de realização de eventos festivos, bem como nível de pressão sonora, extrapola os limites estabelecidos pela Constituição Estadual e especifica genericamente locais e horários, quando em seu art. 5º fixa, sem nenhuma distinção de área ou atividade, o nível de ruído em 65 dB, no período diurno, e em 55 dB, no período noturno, enquanto a Resolução do Conama e NBR 10.151 trazem limites inferiores e locais e horários determinados”, esclarece.

Homem é morto com quatro tiros por dupla em motocicleta
Homem de 51 anos foi assassinado com pelo menos quatro tiros, na noite desta terça-feira (19), por volta das 19h30, em frente a sua residência, local...
Analista do TJMS é denunciada por esquema de falsificação de documentos
Seis pessoas incluindo uma analista jurídica da 4ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul foram denunciados pelo MPF (Ministério Púb...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions