A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

22/01/2018 18:58

CCZ notifica 17 imóveis por descumprimento à Lei da Dengue na Vila Sulmat

Locais apresentavam situação crítica em relação a focos do mosquito transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya

Humberto Marques
Rosana informou que ação serviu para mobilizar a população a manter o combate ao Aedes. (Foto: Divulgação)Rosana informou que ação serviu para mobilizar a população a manter o combate ao Aedes. (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de Dourados –a 233 km de Campo Grande– notificou 17 novos imóveis na região da Vila Sulmat e parte do Centro da cidade, na região do Parque Ambiental Arnulpho Fioravanti, depois de fiscais do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) encontraram 13 focos do mosquito Aedes aegypti –transmissor da dengue, febre chikungunya e do zika vírus.

As punições foram resultado de mutirão realizado entre 8 e 12 de janeiro com base em números do Liraa (Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti).

A bióloga Rosana Alexandre da Silva, coordenadora do CCZ, informou à assessoria da administração douradense que, no mutirão, foram intensificadas ações de controle do mosquito e demais vetores de zoonoses presentes e possíveis de serem encontradas em Dourados.

“Aproveitamos, ainda, para sensibilizar e orientar a população da importância do comprometimento de cada um, em manter limpos os imóveis, evitando a formação de depósitos propícios para a proliferação destes vetores”, disse ela.

Cerca de 40 agentes de endemias inspecionaram 1.107 imóveis, orientando, eliminando e tratando focos e possíveis criadouros do Aedes. Mesmo com 124 imóveis fechados na área, as 17 residências notificadas apresentavam situação crítica, em desacordo com o previsto na Lei Municipal 3.965/2016, a Lei da Dengue.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions