A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

04/12/2015 17:55

Chuva "sem fim" faz rio transbordar, interdita rodovia e erosão leva trator

Priscilla Peres
Rio Panduí transbordou nesta tarde interrompendo o tráfego de veículos pela rodovia. (Foto: Direto das Ruas)Rio Panduí transbordou nesta tarde interrompendo o tráfego de veículos pela rodovia. (Foto: Direto das Ruas)

As fortes chuvas que atingiram Amambai - distante 360 km de Campo Grande, durante esta sexta-feira (4), além de alagar a área urbana fez o rio panduí que passa por baixo de uma ponte e liga a cidade a vizinha Coronel Sapucaia transbordar e bloquear o tráfego de veículos na MS-289.

Fotos feitas por pessoas que tentavam passar pelo local e enviadas ao Campo Grande News, mostram que veículos tiveram que parar e esperar o rio baixar. Chama a atenção, o tamanho em que o córrego se transformou, encobrindo a rodovia. A rodovia é o único acesso ao município de Coronel Sapucaia, segundo leitores.

Já um vídeo gravado por moradores locais mostra o momento em que um trator quase é levado pela erosão provocada pela chuva. A máquina que provavelmente fazia reparos em uma chácara, próximo clube do laço, precisou ser guinchada por outro trator.

O vídeo ainda mostra um barracão destruído e a correnteza formada pelo grande fluxo de água passando pela propriedade. De acordo com o Cemtec (Centro de Monitoramento de Tempo e Clima de MS), em novembro choveu 419 milímetros, 117% a mais que a média histórica para o mês.

No fim do mês passado o município ainda foi atingido por um "tornado", raios, ventos e muitas chuva, o que fez com que o prefeito Sergio Diozébio Barbosa (PMDB) decretasse situação de emergência há uma semana.

Não há informações sobre quanto choveu hoje no município, mas o prefeito Sergio afirma que desde cedo a chuva e o vento são fortes. "Não conseguimos arrumar os estragos, pois chove todo dia aqui", conta ele ao ressaltar que são 12 pontes destruídas até agora.

Sergio Barbosa que mora em Amambai há 30 anos afirma que nunca viu tanta chuva no município. "Eu acredito que nós vamos ficar mais de ano para conseguir consertar tudo o que foi danificado, mas enquanto a chuva não der uma trégua, não conseguimos nem amenizar os problemas".



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions