A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

12/12/2015 18:00

Chuvas constantes abrem mais uma cratera em pista que dá acesso a bairro

Renata Volpe Haddad
Cratera se formou em pista que dá acesso ao bairro Monte Carlo, em Dourados. (Foto: Dourados News)Cratera se formou em pista que dá acesso ao bairro Monte Carlo, em Dourados. (Foto: Dourados News)

Em Dourados, as chuvas continuam e em três horas, foram 65.8 mm e já se acumulam 158.6 mm só nos primeiros 11 dias de dezembro, sendo que a média para o mês é de 176.0 mm. O volume de água continua causando transtorno em algumas regiões do município.

Segundo informações do site Dourados News, entre os locais atingidos, estão um dos acessos ao Residencial Monte Carlo, localizado na Perimetral Norte, outro na linha do Barreirão na rodovia que liga Dourados a Fátima do Sul e no Campo Dourados, local que vem sofrendo há tempos com uma barragem. 

Conforme o agente da Defesa Civil de Dourados, Luiz Sérgio Gabriel, um dos acessos ao bairro Monte Carlo será interditado, por causa de uma cratera que foi aberta no local, devido uma obra mau canalizada. “Exatamente nesse ponto foi realizado uma obra que foi canalizada, no entanto foi feita apenas com terra e com o excesso de chuvas a água levou a terra, deixando um enorme buraco. O local será interditado, mas há 500 metros tem um outro acesso, que deverá ser usado pelos moradores”, explicou.

Obra mau canalizada causou abertura de cratera em pista. (Foto: Dourados News)Obra mau canalizada causou abertura de cratera em pista. (Foto: Dourados News)

Outros dois locais também estão sofrendo com a quantidade de água que vem acumulando nos últimos dias, dentre eles no Campo Dourado em que a água de uma pequena barragem, de aproximadamente 100 metros de comprimento entre um posto de combustível e as casas, que deveria ficar contida e drenada para outro local, porém, acaba infiltrando pelas paredes das casas.

Segundo o agente, duas bombas que estão na barragem foram acionadas para drenar a água, e evitar que infiltre novamente nas paredes das casas. “As bombas foram ligadas e não teve infiltração de água nas casas novamente, mas pode voltar a acontecer. Como a chuva não deu trégua, não foi possível solucionar o problema do local”, alegou.

Já na linha do Barreirão, localizado as margens da rodovia MS-376, que liga Dourados a Fátima do Sul, uma região composta por propriedades rurais, ficou completamente alagada e as famílias circulam pelo local usando botes.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions