A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

08/02/2011 14:33

Cofre de suspeito de assassinato é aberto pela Polícia, em Coxim

Paula Vitorino
Materiais encontrados no cofre serão anexados  ao processo que já tramita na Comarca de Coxim. (Foto: Coxim Agora)Materiais encontrados no cofre serão anexados ao processo que já tramita na Comarca de Coxim. (Foto: Coxim Agora)

O cofre que pertence a Manoel Teodoro, de 54 anos, mais conhecido como “Neto”, foi aberto nesta manhã por peritos da Polícia Civil de Coxim. A inspeção do cofre foi autorizada pelo delegado responsável pelas investigações na tentativa de encontrar pistas sobre o paradeiro de “Neto”, que teve a prisão decretada e está foragido da Justiça.

Ele é apontado como principal suspeito de ter executado a tiros o pedreiro Carlos Alberto Feliciano de Oliveira, de 47 anos, no dia 27 de dezembro de 2010. A vitima trabalhava na construção da residência de “Neto”, em Coxim.

A abertura do cofre aconteceu na presença da advogada da família e no seu interior foram encontrados muitos papéis, fotos, R$ 15 mil reais em dinheiro - em cédulas de 100 e 50 reais, 23 lâminas de cheques de diversos valores, diversas peças de jóias, passaportes e contratos.

Tudo foi apreendido pela polícia, e deve ser anexado ao processo que já tramita na Comarca de Coxim.

Roubo – No dia 16 de janeiro, quatro jovens foram presos após tentaram roubar o cofre de “Neto”. Os ladrões arrombaram a porta dos fundos da residência e arrastaram o cofre até a parte de fora, mas foram surpreendidos pela polícia.

Segundo informações extra-oficiais, o cofre seria arrastado até as margens do rio Taquari, que fica nos fundos da residência, e depois seria levado de canoa para um local seguro, onde os suspeitos o abririam. (com informações do site Coxim Agora)

Durante abordagem, passageiro de ônibus finge passar mal e foge
Passageiro de ônibus fingiu passar mal para fugir da polícia, neste domingo (19), deixando para trás mala com maconha e os próprios documentos em Dou...
Travesti encontrada morta tinha 22 anos e foi reconhecida pelas amigas
Foi identificada como Wiris de Souza Santos, 22 anos, conhecida como Vitória, a travesti encontrada morta com nove facadas, por volta das 5h deste do...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions