A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

18/01/2019 21:37

Com 150 mm de chuva, município deve decretar estado de emergência

As áreas mais atingidas foram na vizinhança da Lagoa do Sapo que transbordou devido ao grande acúmulo de água

Adriano Fernandes
Avenida do município virou um rio devido a grande quantidade de água. (Foto: Divulgação) Avenida do município virou um rio devido a grande quantidade de água. (Foto: Divulgação)

As fortes chuvas dos últimos dois dias por Batayporã – cidade a 311 quilômetros de Campo Grande-, causaram alagamentos em ruas, dezenas de residências e tem gerado transtornos para os moradores do município. Conforme a Defesa Civil local, entre a tarde desta quinta-feira (17) e hoje (18) choveu aproximadamente 150 milímetros.

Nesta sexta-feira (18), pancada de chuva que começou por volta das 13h e durou aproximadamente 40 minutos alagou cerca de 50 imóveis e diante da possibilidade de mais temporais a prefeitura já planeja decretar estado de emergência.

Conforme o coordenador da Defesa Civil da Cidade, Sidney Olegário as áreas mais atingidas foram na vizinhança da Lagoa do Sapo, na região central do município. “A lagoa é um tipo de bacia de receptação da água das redes pluviais da cidade e de onde sai um canal de escoamento. Mas ela não suportou a grande quantidade de água e transbordou”, comenta Sidney.

Ele conta que alguns moradores perderam móveis e alimentos, no entanto, não houveram feridos ou casos de afogamento. Várias ruas e avenidas foram tomadas pela água e até um trator foi utilizado para monitorar as áreas alagadas e ajudar no transporte de moradores.

Por não ter tido a incidência de fortes ventos também não foram registradas quedas de árvores ou desabamento de imóveisAlguns moradores chegaram a deixar suas moradias, se alojando na casa de outros parentes na parte mais alta da cidade. No momento já não chove mais pela cidade.

 

Uma das residências tomadas pela água. (Foto: Divulgação) Uma das residências tomadas pela água. (Foto: Divulgação)
Trator usado para assistência aos moradores. (Foto: Divulgação) Trator usado para assistência aos moradores. (Foto: Divulgação)

“O nível da água já baixou, mas nós mantemos uma equipe de plantão monitorando o clima. Todos os órgãos estaduais já foram notificados sobre a possibilidade de decretação de emergência”, conclui.

Chuvarada – Nesta sexta-feira (18) o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos já havia emitido aviso de chuvas intensas, tempestades com raios, vendavais e queda de granizo para todas as regiões de Mato Grosso do Sul.

No fim de semana, chove forte em pontos isolados, principalmente no período tarde e noite no Estado. As temperaturas caem um pouco, mas não o suficiente para que os termômetros deixem de marcar mais de 30ºC.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions