ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, QUINTA  04    CAMPO GRANDE 27º

Interior

Com 62 vacinados até agora, campanha começa “para valer” amanhã em Dourados

Programação prevê imunização de profissionais de saúde em 5 unidades até sábado

Por Helio de Freitas, de Dourados | 20/01/2021 14:37
Enfermeiro Valdeci Santana é vacinado por colega, ontem em Dourados (Foto: Helio de Freitas)
Enfermeiro Valdeci Santana é vacinado por colega, ontem em Dourados (Foto: Helio de Freitas)

A vacinação dos profissionais de saúde da linha de frente na luta contra a pandemia do novo coronavírus começa “para valer” nesta quinta-feira (21) em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Ontem, na abertura simbólica da campanha para marcar a chegada de 30 mil doses da coronavac, 62 douradenses foram vacinados, mas pelo menos 3.350 ainda serão imunizados.

Além dos 31 idosos residentes no Lar do Idoso e dos 19 funcionários do local, nesta terça-feira foram vacinados os 12 profissionais da linha de frente que atuam na Unidade Básica de Saúde da Vila Índio, região leste da cidade, onde ocorreu a abertura. Entre os 12 imunizados está o enfermeiro Valdeci Santana, 50, o primeiro douradense a receber a vacina contra a covid-19.

Nesta quarta-feira (20), as equipes da Secretaria Municipal de Saúde se reuniram para definir os detalhes da vacinação dos demais profissionais que trabalham diretamente no atendimento a pessoas com sintomas da doença e no transporte de pacientes e amostras de exames.

Edvan Marcelo Morais Marques, secretário-adjunto de Saúde e coordenador do Núcleo Municipal de Imunização, disse que até sábado (23), a previsão é vacinar os profissionais da linha de frente. As doses serão aplicadas por equipes volantes, nos próprios locais de trabalho dos profissionais.

Amanhã está prevista a vacinação nas unidades de saúde da Vila Cachoeirinha e do distrito de Vila Vargas. Na sexta-feira (22), as doses serão levadas para a unidade de saúde do Jardim Santo André e para o PAM (Pronto Atendimento Médico). Todas possuem atendimento específico para pessoas com síndromes gripais. No sábado serão vacinados os profissionais do Samu (Serviço Móvel de Urgência).

Na semana que vem serão imunizados profissionais da linha de frente dos hospitais públicos e particulares que atendem pacientes de covid, motoristas de ambulâncias e a equipe do drive-thru instalado no Corpo de Bombeiros.

Índios – A imunização da população indígena será feita pelo Dsei (Distrito Sanitário Especial Indígena), órgão vinculado à Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena), do governo federal.

Edvan Morais informou que hoje foram entregues as primeiras duas mil doses para o início da vacinação na Reserva Indígena de Dourados e na Aldeia Panambizinho.

Das cerca de 30 mil doses enviadas para Dourados – maior número entre todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul – 23.200 serão destinadas para imunização de 11.600 índios. Entre a comunidade indígena, todas as pessoas acima de 18 anos são consideradas grupos de risco.

Além dos idosos, profissionais da linha de frente e indígenas, o primeiro lote que chegou ontem vai imunizar também 18 pessoas com deficiência física que vivem em abrigos na cidade.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário