ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  30    CAMPO GRANDE 15º

Interior

Com apoio do Bope, força-tarefa busca por idosa desaparecida em mata

Moradora em Campo Grande, idosa estava em trilha com a família, quando se perdeu

Por Dayene Paz e Sidney Assis, de Coxim | 11/01/2022 09:06
Bombeiro e cão durante buscas pela idosa em São Gabriel do Oeste. (Foto: Sidney Assis)
Bombeiro e cão durante buscas pela idosa em São Gabriel do Oeste. (Foto: Sidney Assis)

Com 14 militares dos bombeiros, 11 funcionários de fazendas vizinhas, drones e cães farejadores, continuam nesta terça-feira (11), as buscas por Tânia Bonamigo, 62 anos, que desapareceu no domingo (9), durante uma trilha na cachoeira Los Pagos, localizada em São Gabriel do Oeste, distante 137 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a comandante do 22º Subgrupamento de Bombeiros Militar Independente de São Gabriel do Oeste, capitã Juliana Ornelas Ribeiro, mais militares chegaram na tarde de ontem para ajudar nas buscas. Além disso, há apoio de cães farejadores dos bombeiros, dois drones da PMA (Polícia Militar Ambiental) e da prefeitura e também há auxilio de militares do Bope (Batalhão de Operações Especiais).

Um dos cães que participam da operação é a labradora Cindy, que faz parceria com o sargento Luciclei. Em 2019, ela participou das buscas em Brumadinho.

Desaparecimento - Conforme apurado pelo Campo Grande News, Tânia mora em Campo Grande e estava acompanhada de parentes, quando ao se afastar por alguns minutos do grupo que fazia a trilha, acabou desaparecendo. Ninguém soube informar se ela chegou a entrar na cachoeira, que tem 70 metros de queda.

No mesmo dia, os bombeiros começaram as buscas, mas sem sucesso. Uma das hipóteses é de que Tânia esteja perdida na mata. A região é de difícil acesso por ser muito íngreme, sendo difícil tanto de subir quanto de descer.

(*) Matéria editada às 10h10, para acréscimo de informações.

Nos siga no Google Notícias