A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

18/01/2018 17:10

Com maconha e munições, jovem de 22 anos é preso durante operação Tagi

Com ele, DOF encontrou munições calibres 22 e 32. Ao todo, foram cumpridos 7 mandados de prisão preventiva.

Anahi Gurgel
Maconha dividida em pacotes totalizou 4,8 quilos. Também foram apreendidas munições com homem de 22 anos, pelo DOF. (Foto: Divulgação/DOF).Maconha dividida em pacotes totalizou 4,8 quilos. Também foram apreendidas munições com homem de 22 anos, pelo DOF. (Foto: Divulgação/DOF).

Jovem de 22 anos foi preso nesta quinta-feira (18) durante operação Tagi, que busca desmantelar esquema de tráfico de drogas em Aral Moreira, no sul do estado. Felipe Henrique Pereira Abreu foi detido na BR-463, em Ponta Porã, portando 4,8 quilos de maconha e 25 munições calibres 22 e 32.

A prisão ocorreu por volta das 12h, pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira), que está apoiando o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) na operação.

Com o jovem, além da maconha, que dividida em diversos pacotes, foram encontradas 15 munições de calibre 22 e outras 10 de calibre 32. Ele foi encaminhado para a Polícia Federal de Ponta Porã e vai responder por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

O DOF já havia prendido, pela manhã, Deyvik Patrik Serrato, 35, por porte ilegal de armas. Ele foi flagrado com uma pistola Jericó 9 mm, de uso restrito, 29 munições de 9 mm e 12 mm e um rádio comunicador, no município de Aral Moreira.

A identificação dos outros presos ainda não foi divulgada. 

Fechando o cerco - A operação Tagi é fruto de uma investigação que teve início em maio de 2017, para apurar a existência de esquema de tráfico de drogas em Aral Moreira, Amambai e Dourados. Ao todo foram cumpridos sete mandados de prisão preventiva e 8 de busca e apreensão.

O nome de Tagi é atribuído à região situada na rodovia MS-386, entre Ponta Porã e Amambai - rota de escoamento das drogas.

Além do DOF, os mandados foram cumpridos com apoio da 5ª promotoria de Dourados, do 3º Batalhão de Polícia Militar, do 3º CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar) e da Agência de Inteligência da PM de Dourados.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions