A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

10/01/2019 22:58

Comerciante deixa fórum, após horas de protesto contra a ex-mulher

Adriano Fernandes e Helio de Freitas
Comerciante logo após chegar ao fórum da cidade no início da manhã. (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News).Comerciante logo após chegar ao fórum da cidade no início da manhã. (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News).

Depois de aproximadamente sete horas acorrentado ao corrimão do acesso principal do Fórum de Dourados, a 233 km de Campo Grande, o comerciante Nelson Gonçalves da Cruz, de 54 anos, deixou o local.

Por volta das 14h30 desta tarde (10), Nelson conversou com uma pessoa não identificada e saiu normalmente do local. Não se tem informações de que alguém da justiça tenha falado com ele, conforme apurou a reportagem.

Pela manhã, o homem chegou ao local e com um cartaz em mãos, protestava contra a ex-mulher que teria solicitado medida protetiva que o impedia de chegar perto dela, assim como do imóvel e do comércio, localizado no Jardim Santo André, onde vivia com a então companheira.

No cartaz, ele dizia que ela usou de má fé, “para sacanear ex-companheiro ficando de posse de todos imóveis, enquanto o ex-companheiro na rua com mala na mão”. O comerciante foi condenado, em setembro de 2018, por violência doméstica contra a ex-mulher, depois que segundo ele, a teria flagrado com o ex-namorado.

A sentença não traz detalhes de que forma as ameaças foram feitas, mas cita a media restritiva que impede Nelson de se aproximar da ex-mulher. A pena imposta foi de um mês e 25 dias em regime aberto. Na mesma sentença, o magistrado indeferiu a substituição da pena por outras medidas – serviços comunitários ou doação de cestas básicas, por exemplo – como acontece em outros processos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions