A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 17 de Agosto de 2019

04/05/2019 20:30

Condutor que provocou acidente e morreu após colisão fugia da polícia

Ao todo, quatro pessoas ficaram feridas, duas delas em estado grave; uma das vítimas precisou ser retirada das ferranges

Liniker Ribeiro e Helio de Freitas
Trânsito no local do acidente sendo controlado por PRF e veículos envolvidos danificados (Foto: Capitan Bado)Trânsito no local do acidente sendo controlado por PRF e veículos envolvidos danificados (Foto: Capitan Bado)

O condutor do veículo Toyota Corolla que morreu após colisão com outros dois veículos, na tarde deste sábado (5), estava fugindo de uma abordagem policial. O acidente aconteceu na rodovia BR-463, em Ponta Porã – a 323 quilômetros da Capital. O automóvel, conduzido pelo homem ainda não identificado, era roubado.

De acordo com o boletim de ocorrência, policiais rodoviários federais realizavam fiscalização de rotina no km 68 da rodovia, quando foi dada ordem de parada ao condutor. Após não respeitar, o motorista ainda acelerou e fugiu em alta velocidade.

Segundo os policiais, durante acompanhamento tático, mesmo com distância de aproximadamente 1 quilômetro da viatura para o veículo, o condutor realizou diversas manobras perigosas de ultrapassagem, fazendo com que vários veículos saíssem da pista.

Já na altura do km 76, o Corolla acabou atingindo uma Fiat Toro, ocupado por uma família de Sinop (MT) e, em seguida, um outro veículo. O suspeito não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Outras quatro pessoas ficaram feridas, duas delas em estado grave.

No primeiro automóvel atingido, uma das vítimas precisou ser retirada das ferragens com ajuda de um desencarcerador, utilizado por militares do Corpo de Bombeiros. Três ambulâncias de Ponta Porã foram deslocadas para atender as vítimas, que foram levadas para o Hospital Regional do município.

Entre as testemunhas que passaram pelo local, médicos ajudaram nos primeiros atendimentos, inclusive de reanimação cardiorrespiratória no condutor do Corolla, mas sem êxito.

A pista precisou ser parcialmente bloqueada durante atendimento as vítimas. Após liberação, o veículo foi encaminhado para o posto da PRF. Durante checagem, a equipe policial identificou que a placa do veículo era falsificada e que, na verdade, mantinha registro no município de Guariba (SP), com ocorrência de furto no dia 2 de janeiro.

No interior do veículo foi localizada uma carteira com CNH e CRLV do veículo com indícios de ser falso. A Polícia Civil foi acionada e os documentos encaminhados.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions