A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

03/06/2016 10:48

CPI que investiga Funai e Incra faz diligências em três cidades de MS

Deputada Tereza Cristina (PSB), sub-relatora da CPI, vai acompanhar diligências que ocorrem em Dourados, Amambai e Campo Grande

Helio de Freitas, de Dourados
Índios que lutam pela demarcação de terras em Amambai, onde CPI faz diligência na semana que vem (Foto: Arquivo)Índios que lutam pela demarcação de terras em Amambai, onde CPI faz diligência na semana que vem (Foto: Arquivo)

Instalada para investigar a atuação da Funai (Fundação Nacional do Índio) e do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) na demarcação de terras indígenas e quilombolas, a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Câmara dos Deputados faz diligências em Mato Grosso do Sul na semana que vem.

De acordo com a Agência Câmara, a equipe técnica, acompanhada pela sub-relatora Tereza Cristina, deputada do PSB que representa Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional, fará diligências em Amambai, na região sul, em Dourados e em Campo Grande. A visita da CPI a MS começa na segunda-feira (6) e segue até sexta, dia 10.

A presença de membros da CPI em MS se deve, segundo a Agência Câmara, aos vários confrontos entre indígenas e fazendeiros registrados no Estado, “muitos com mortes, devido a indefinições sobre a titularidade de terras, situação que se agravou nos últimos anos”.

A assessoria de Tereza Cristina informou que a agenda das diligências ainda não foi definida, o que deve ocorrer ainda hoje.



Vamos abrir a caixa preta da Funai. Verificar onde são aplicados recursos, por que alguns veículos oficiais são vistos em invasões de áreas particulares, como são feitas as contratações no órgão, por que antropólogos encarregados de "estudos técnicos" para determinação de novas áreas se revezam entre as Ongs indigenistas (subsidiadas com recursos internacionais) e cargos na Funai, e outros.
 
monica em 03/06/2016 14:27:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions