ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 20º

Interior

"Defeituoso" e "castigo de Deus": mãe denuncia ofensas ao filho autista

Segundo o relato, a autora trabalha na prefeitura de Água Clara, sendo ex-mulher do pai da criança

Por Cassia Modena | 20/04/2024 18:15
Caso foi registrado na Depac de Três Lagoas, cidade onde o menino e a família moram (Foto: Rádio Caçula)
Caso foi registrado na Depac de Três Lagoas, cidade onde o menino e a família moram (Foto: Rádio Caçula)

Estudante de 29 anos, que é mãe de uma criança com TEA (Transtorno do Espectro Autista) e mora em Três Lagoas, registrou um boletim de ocorrência relatando que o filho foi chamado de "defeituoso" e "castigo de Deus" por uma servidora da Prefeitura de Água Clara, ex-esposa do pai da criança.

A mãe procurou a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Três Lagoas para falar sobre as ofensas, em fevereiro deste ano, e registrou o caso como injúria qualificada pela condição de pessoa com deficiência.

Conforme disse a estudante à reportagem, as partes já deram depoimentos e a expectativa é que a Justiça passe a analisar o caso a partir da próxima semana.

A criança tem apenas três anos. "Desde o começo [do meu relacionamento com o pai da criança], ela fez [ofensas] contra mim e agora passou para o meu filho por ser autista. Ela falou que é como um castigo na minha vida. Já tem três anos que venho guardando as provas", disse.

A servidora - O Campo Grande News procurou também a servidora, que se manifestou neste sábado (20).

A mulher afirmou que "nenhum boletim procede". Além disso, rebateu as acusações falando que sofre "perseguição, ameaça, difamação, calúnia e injúria" da mãe do menino.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.


Nos siga no Google Notícias