ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  08    CAMPO GRANDE 19º

Interior

Dois filhotes de onça-parda são resgatados em canavial de usina

Funcionário de usina acionou PMA ao encontrar as oncinhas; polícia acredita que mãe tenha sido acuada por cachorros

Por Silvia Frias | 02/04/2019 09:02
Oncinhas foram levadas ao Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) de Campo Grande (Foto/Divulgação)
Oncinhas foram levadas ao Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) de Campo Grande (Foto/Divulgação)

Dois filhotes de onça-parda foram resgatadas em um canavial ontem, Nova Andradina, distante 300 quilômetros de Campo Grande.

A equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Batayporã foi acionada por funcionário de uma usina de açúcar e álcool em Nova Andradina, que informou que os animais estavam perdidos no canavial. A PMA acredita que a mãe tenha sido acuada por cachorros e abandonou os filhotes.

Os animais serão levados ao Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) em Campo Grande.

O coordenador do Cras, Marlon Cezar Cominetti disse que, inicialmente, os animais ficarão na maternidade, sendo transferidos para recintos maiores, em treinamento, para que não se aproximem dos seres humanos. “Eles não devem se acostumar com o ser humano, é perigoso para eles”.

Esse processo pode levar anos, dependendo de cada animal. Sendo possível liberar na natureza, somente poderá ser feito em uma das áreas cadastradas pelo Cras em Mato Grosso do Sul. “No caso dos grandes felinos, isso é mais complicado, mas não é impossível”, disse. O problema é que vizinhos das áreas cadastradas não querem os felinos nas regiões. 

Segundo o coordenador, até hoje, o Cras conseguiu encaminhar os felinos resgatados, sendo as opções a soltura, zoológicos ou criadouros comerciais.

Onças foram resgatadas em canavial de usina em Nova Andradina (Foto/Divulgação)
Onças foram resgatadas em canavial de usina em Nova Andradina (Foto/Divulgação)