A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

24/09/2019 20:09

Dono de aeroclube que vendia combustível ilegalmente é multado em R$ 38 mil

No local onde funcionava a empresa, os policiais encontraram um tanque com 7 mil litros de combustível

Adriano Fernandes
Tanque usado para o armazenamento do combustível. (Foto: Divulgação/PMA) Tanque usado para o armazenamento do combustível. (Foto: Divulgação/PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) multou em R$ 38,1 mil o proprietário do aeroclube de Aquidauana, onde era feito o armazenamento e a venda de combustível de aviões de forma ilegal.

Os agentes foram acionados pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (23) durante as diligências da “Operação Ícaro - Fase Iuris” chefiada pela Deco (Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado). 

No local onde funcionava a empresa, os policiais encontraram um tanque com 7 mil litros de combustível com medidor, que funcionava como bomba de abastecimento, sem a licença ambiental. Quatro aviões que estavam sendo utilizados como taxis aéreos clandestinos na região também foram apreendidos. 

A atividade foi interditada e o combustível apreendido. O proprietário do aeroclube, de 44 anos, mora em Aquidauana e também vai responder por crime ambiental.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions