ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  27    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Em 24 horas, três mortes por afogamento são registradas em MS

Por Jeozadaque Garcia | 04/03/2012 21:34

Do final da tarde de sábado até às 17h deste domingo (04), três pessoas morreram afogadas em três cidades do interior de Mato Grosso do Sul, de acordo com a Polícia Civil.

O primeiro caso aconteceu ontem no final da tarde. Cesar Aparecido Peralta da Silva, de 27 anos, morreu numa lagoa localizada na fazenda Macaúba, em Tacuru, a 427 quilômetros de Campo Grande.

Segundo informações prestadas à Polícia, Cesar e outros dois amigos estavam num barco. Conforme relatos de populares, que retiraram a vítima da água, havia um furo no barco.

No meio da lagoa, momento em que perceberam que o barco afundava, Silva se desesperou, pulou na água e desapareceu, enquanto os outros dois amigos conseguiram nadar até a margem.

Outras duas mortes aconteceram na tarde de hoje. Em Coronel Sapucaia, na divisa com o Paraguai, Ageu Soares de Silva, de 28 anos, faleceu em uma piscina formada por conta da barragem em um córrego do município.

Uma testemunha viu quando a vítima repentinamente levantou os braços e afundou em seguida. Outras pessoas entraram na água e conseguiram retirar Ageu, mas ele foi levado já sem vida para o hospital.

No último caso, Sebastião Menezes, de 71 anos, morreu durante uma pescaria no Rio Brilhante, em Douradina, cidade que fica a 196 quilômetros da Capital.

Testemunhas que estavam com o idoso notaram sua falta 30 minutos após ele ir até as águas com seus petrechos. Ao olharem para o rio, viram apenas a vara boiando.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e resgataram o idoso, já sem vida. Ainda segundo os militares, ele pode ter sofrido uma congestão alimentar antes de se afogar.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário