A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/10/2016 14:57

Em áudio, suposto membro do PCC pede apoio para resgatar presos

Fernanda Yafusso
Agentes da Polícia Nacional estão em alerta para possível resgate dos presos do Comando (Foto: Porã News)Agentes da Polícia Nacional estão em alerta para possível resgate dos presos do Comando (Foto: Porã News)

Uma espécie de "salve geral", comando dado pela direção do crime organizado, foi enviado na manhã desta terça-feira (4) a a integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital), facção criminosa que age dentro e fora de presídios, pedindo apoio para resgatar dois supostos membros do grupo presos na fronteira com o Paraguai.

Segundo informações do site Porã News, eles foram presos na noite anterior. No áudio, enviado por um aplicativo de celular, um homem se identifica como sendo "Véio do PY de CapitanBado" e pede ajuda para resgatar dois dos três homens que estão em poder da polícia.

Ainda de acordo com o áudio, que pode ser conferido na íntegra logo abaixo, um dos presos seria integrante do PCC do Rio de Janeiro e o outro do Paraná.

"Véio do PY de Capitan Bado" explica no áudio que o trio tinha ido até uma agência bancária para fazer um saque de dinheiro e comprar mantimentos para os mesmos. Após a compra dos alimentos, segundo ele, seguiriam para o "mato". Porém o trio acabou sendo preso pela polícia local enquanto iam até a agência bancária.

Prisão - Os homens presos na noite de ontem na fronteira foram identificados, segundo o site Porã News, como sendo Ider Ricardo Porto de 23 anos, Osmar Huchek, que apresentou documento falso em nome de Alessandro Rodrigues Piazza, e Ricardo Farias Caldeira vulgo Baiano, que tem passagens pela polícia e estava proibido de sair do território brasileiro. 

O trio estava em uma caminhonete L200 com placas de Maringá (PR), foi preso na noite de ontem por agentes da Polícia Nacional na cidade paraguaia de Capitan Bado, fronteiriça a Coronel Sapucaia, município localizado a 400 km de Campo Grande.

Ainda de acordo com o site paraguaio, os homens estavam andando pela cidade de forma suspeita e durante abordagem foi verificado que o veículo estava com a numeração do chassi e motor raspados. Além disso, o condutor não possuía a carteira de habilitação.

Os homens foram indiciados por conduzir o veículo sem a carteira de habilitação, receptação e estavam sem a licença do departamento de Migração. Além de produção e uso de documento falso.

A pé, peruano tenta atravessar fronteira carregando cocaína em mochila
Um peruano de 37 anos que não teve o nome divulgado, foi flagrado tentando atravessar a fronteira da Bolívia com Corumbá, distante 419 km de Campo Gr...
DOF segue com Operação Eleições 2016 na fronteira até terça-feira
Para garantir a segurança dos leeitores dos municípios da faixa de fronteira, o DOF (Departamento de Operações de Fronteira) segue até terça-feira (0...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions