A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

03/09/2014 23:17

Empresa de "tapa-buraco" é multada em R$15 mil por atuar sem licença ambiental

Michel Faustino
Empresa utilizava sub-produto derivado do petróleo que é classificado como altamente poluente. (Foto:Divulgação/PMA)Empresa utilizava sub-produto derivado do petróleo que é classificado como altamente poluente. (Foto:Divulgação/PMA)

Uma empresa do ramo de construção civil foi multada em 15 mil durante operação realizada na tarde de hoje (3) pela PMA (Policia Militar Ambiental) de Corumbá, a 419 quilômetros da Capital, por exercer atividade "altamente" poluidora e desenvolver a atividade sem licença ambiental.

A empresa que presta serviços de construção civil para o município estava utilizando indevidamente um sub-produto derivado de petróleo, classificado com "altamente poluente", para fazer a preparação do material que é utilizado em cobertura de buracos em ruas pavimentadas da cidade.

A área utilizada para as atividades foi embargada e a empresa autuada administrativamente e multada no valor de R$ 15 mil, por exercer atividade potencialmente poluidora, sem autorização ambiental. O responsável pela empresa poderá responder por crime ambiental com pena de detenção, de um a seis meses de prisão.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions