ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
DEZEMBRO, SEXTA  08    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Escolas de Corumbá irão receber alimentos arrecados em live do Luan Santana

A entrega simbólica ocorrerá segunda-feira (08), às 16 horas no Moinho Cultural

Adriano Fernandes | 06/03/2021 19:55
Cantor durante a live de arrecadação dos alimentos. (Foto: Reprodução/Facebook)
Cantor durante a live de arrecadação dos alimentos. (Foto: Reprodução/Facebook)

Dez entidades e escolas de Corumbá, recebem na próxima segunda-feira (08) 1,3 mil caixas de alimentos arrecadados em novembro do ano passado, durante a live “O Pantanal Chama”, do cantor Luan Santana. O evento online foi promovido para arrecadar mantimentos para as famílias afetadas pelas queimadas que destruíram um quarto do bioma.

A entrega simbólica ocorrerá às 16 horas no Moinho Cultural e será promovida pelos projetos Mesa Brasil Sesc e União BR. Ao todo serão mais de mil pessoas beneficiadas com os alimentos arrecadados. Dez entidades e escolas da cidade farão o redirecionamento das caixas de biscoito doadas pela Vitarella e purê de frutas PIC Me.

Parte dessas doações será direcionada para as seguintes Escolas Municipais de Educação Integral (EMEIs): Rachid Bardauil, Tilma Fernandes Veiga, Luiz Feitosa Rodrigues e Escola Jatobazinho. Também serão contemplados o Asilo São José, o Centro Apoio Infanto Juvenil (CAIJ) e a Pastoral da Criança.

“Com a chegada da pandemia tivemos de potencializar nossa atuação e já vínhamos entregando mais de mil toneladas de alimentos por ano. A ideia é atendermos com doações aqueles que mais precisam, sejam as famílias mais vulneráveis ou instituições públicas como o Hospital Regional que é referência no tratamento da Covid”, diz a diretora regional do Sesc MS, Regina Ferro.

O Sesc MS, por meio do Mesa Brasil Sesc, atua como âncora do  movimento União BR,   promovendo a distribuição dos itens recebidos. O União BR é um movimento voluntário criado para fortalecer o combate ao coronavírus e os impactos gerados pela pandemia no Brasil.

Nos siga no Google Notícias