ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, TERÇA  13    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Escolas de Corumbá irão receber alimentos arrecados em live do Luan Santana

A entrega simbólica ocorrerá segunda-feira (08), às 16 horas no Moinho Cultural

Por Adriano Fernandes | 06/03/2021 19:55
Cantor durante a live de arrecadação dos alimentos. (Foto: Reprodução/Facebook)
Cantor durante a live de arrecadação dos alimentos. (Foto: Reprodução/Facebook)

Dez entidades e escolas de Corumbá, recebem na próxima segunda-feira (08) 1,3 mil caixas de alimentos arrecadados em novembro do ano passado, durante a live “O Pantanal Chama”, do cantor Luan Santana. O evento online foi promovido para arrecadar mantimentos para as famílias afetadas pelas queimadas que destruíram um quarto do bioma.

A entrega simbólica ocorrerá às 16 horas no Moinho Cultural e será promovida pelos projetos Mesa Brasil Sesc e União BR. Ao todo serão mais de mil pessoas beneficiadas com os alimentos arrecadados. Dez entidades e escolas da cidade farão o redirecionamento das caixas de biscoito doadas pela Vitarella e purê de frutas PIC Me.

Parte dessas doações será direcionada para as seguintes Escolas Municipais de Educação Integral (EMEIs): Rachid Bardauil, Tilma Fernandes Veiga, Luiz Feitosa Rodrigues e Escola Jatobazinho. Também serão contemplados o Asilo São José, o Centro Apoio Infanto Juvenil (CAIJ) e a Pastoral da Criança.

“Com a chegada da pandemia tivemos de potencializar nossa atuação e já vínhamos entregando mais de mil toneladas de alimentos por ano. A ideia é atendermos com doações aqueles que mais precisam, sejam as famílias mais vulneráveis ou instituições públicas como o Hospital Regional que é referência no tratamento da Covid”, diz a diretora regional do Sesc MS, Regina Ferro.

O Sesc MS, por meio do Mesa Brasil Sesc, atua como âncora do  movimento União BR,   promovendo a distribuição dos itens recebidos. O União BR é um movimento voluntário criado para fortalecer o combate ao coronavírus e os impactos gerados pela pandemia no Brasil.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário