ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 17º

Interior

Ex-prefeito de Corumbá presta hoje primeiro depoimento à Polícia Federal

Por Zana Zaidan | 19/11/2013 08:21

O ex-prefeito de Corumbá – a 419 quilômetros de Campo Grande - Ruiter Cunha de Oliveira (PT), presta hoje (19) às 10 horas o primeiro depoimento à Polícia Federal. Ruiter é investigado por uma fraude que pode ter causado prejuízos de R$ 5 milhões ao cofres públicos da cidade.

O delegado da PF responsável pelo inquérito, Alexandre Nascimento, afirma que o objetivo do depoimento é entender até onde vai o envolvimento de Ruiter no desvio dos recursos. “Mesmo que ele alegue que não teve envolvimento e não foi beneficiado, o esquema aconteceu a durante a gestão dele e ele deveria ter tomado conhecimento e denunciado os responsáveis”, alega o delegado.

A operação da Polícia Federal, chamada “Operação Cornucópia”, foi deflagrada no último dia 13 e, há mais de um ano, apura fraude nos empréstimos consignados feitos por servidores municipais junto à Caixa Econômica Federal e ao Banco do Brasil.

Funcionários da prefeitura elevavam a margem consignável para a contratação de empréstimos por esses servidores e, após liberados os recursos pelos bancos, os valores eram sacados integralmente e tinham de ser repassados aos organizadores do esquema. As apurações iniciais dão conta que os empréstimos consignados eram todos pagos com verba pública não devida aos funcionários, e que teriam o envolvimento de cerca de 100 pessoas. A fraude ocorreu entre 2007 e 2012.

O principal suspeito de coordenar o esquema é Wilson Roberto Fernandes, que teve a prisão temporária decretada pelo período de cinco dias. Ele foi gerente de Recursos Humanos da Prefeitura, na administração de Ruiter Cunha de Oliveira.

Nos siga no Google Notícias