A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

08/02/2015 08:05

Família morta em colisão na BR-163 será enterrada nesta tarde na Capital

Liana Feitosa
Os três morreram na hora em acidente na BR-163. (Foto: Reprodução/Facebook)Os três morreram na hora em acidente na BR-163. (Foto: Reprodução/Facebook)

Casal e filha de 20 anos mortos em acidente na BR-163 na noite desta sexta-feira (6), na cidade de Rio Verde, serão enterrados neste domingo (8) no cemitério Parque das Primaveras, em Campo Grande, segundo o jornal Edição de Notícias.

Os corpos do empresário Paulo Roberto Vargas de Andrade, de 52 anos, da esposa, professora Kely Cristina Almeida Andrade, 47 anos, e de uma das filhas do casal, Marina Almeida de Andrade, 20 anos, foram trazidos para a Capital na tarde deste sábado (7) após velório na Loja Maçônica Amor e Justiça, em Coxim.

Como a família do casal mora em Campo Grande, as vítimas serão enterradas na Capital. Eles eram proprietários da empresa Lig Luz, que fica na Avenida Virgínia Ferreira, em Coxim. O casal deixa dois filhos, Maria Gabriela, de 13 anos, e Paulinho, 11 anos.

 

Nota de pesar - O CREA/MS (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso do Sul) divulgou nota de pesar pela morte de Paulo Roberto que, além de empresário, era tecnólogo.

Leia na íntegra:

É com profundo pesar que o Crea-MS comunica o falecimento do tecnólogo Paulo Roberto Vargas de Andrade ocorrido num trágico acidente na noite desta sexta-feira na BR-163 próximo a Coxim, onde residia. Paulo foi inspetor do Crea-MS por vários anos, onde contribuiu de forma ímpar com o Sistema Confea/Crea.

O veículo que dirigia era ocupado ainda pela esposa e por uma das filhas. O casal deixa dois filhos, uma de 13 e um de 11 anos.

Acidente - Segundo o Edição de Notícias, o acidente ocorreu na altura do quilômetro 655 da BR-163. Eles viajavam em um GM Vectra, com placas de Coxim, para onde voltavam. Vargas perdeu o controle do carro, rodou na pista e colidiu em duas carretas que seguiam no sentido contrário.

De acordo com testemunhas, chovia muito no momento do acidente, o que levanta suspeita de o veículo ter aquaplanado.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions