ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  02    CAMPO GRANDE 16º

Interior

Governo anuncia socorro de R$ 9,2 milhões para saúde não parar em Dourados

Liberação de verba foi anunciada durante audiência nesta quinta-feira

Por Marta Ferreira | 18/02/2021 17:10
Alan Guedes, Reinaldo Azambuja e Geraldo Resende durante audiência nesta tarde. (Foto: Divulgação)
Alan Guedes, Reinaldo Azambuja e Geraldo Resende durante audiência nesta tarde. (Foto: Divulgação)

Socorro emergencial de R$ 9,2 milhões para uso na saúde em Dourados, segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, durante audiência entre o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e o prefeito Alan Guedes nesta quinta-feira (18). O objetivo é quitar dívidas da Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde) e evitar a paralisação do atendimento médico na macrorregião.

Conforme explicou Reinaldo, o pedido de ajuda financeira partiu da prefeitura.

 Existem lá alguns débitos com médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde que totalizam R$ 4.755.000,00. Nos comprometemos com o prefeito Alan e vamos antecipar esse recurso para que a prefeitura possa saldar essas dívidas”, afirmou Azambuja sobre a ajuda.

Segundo o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, outros R$ 4,5 milhões serão repassados ao município de Dourados, em três parcelas de R$ 1,5 milhão, para que o Executivo Municipal possa pagar débitos atrasados com fornecedores de insumos hospitalares nas unidades de saúde geridas pela Funsaud, como o Hospital da Vida.

“Mais uma vez, o governo de Mato Grosso do Sul, através da Secretaria de Estado de Saúde, por determinação do governador Reinaldo Azambuja, auxilia nessa questão difícil para que possamos, em parceria, manter um cenário na saúde pública de Dourados capaz de dar um atendimento de qualidade para nossa gente”, pontuou o secretário.

O prefeito Alan Guedes diz que a liberação dos recursos vai fazer com que Dourados tenha maneiras de “se reorganizar para alinhar sua capacidade de investimento relacionados à Funsaud”.

“Agradeço essa antecipação de recursos importantes para que a gente possa saldar alguns compromissos pendentes”, disse.

Durante o encontro, Geraldo Resende, que é de Dourados, anunciou que estará na cidade nesta sexta-feira, para tratar do socorro emergencial com as lideranças da Prefeitura de Dourados, da Câmara Municipal de Vereadores e da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário