A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

26/09/2018 15:39

Governo inicia licitação para ampliar Hayel Bon Faker em Dourados

Propostas serão abertas no dia 29 de outubro; obra inclui pavimentação, drenagem, acessibilidade e sinalização viária de 3,5 quilômetros da BR-163 até Marcelino Pires

Helio de Freitas, de Dourados
Trecho da Hayel Bon Faker que vai ser ampliado; circulação de caminhões é problema diário (Foto: Helio de Freitas)Trecho da Hayel Bon Faker que vai ser ampliado; circulação de caminhões é problema diário (Foto: Helio de Freitas)

O governo de Mato Grosso do Sul iniciou hoje (26) a licitação para contratar a empresa que vai reformar uma das avenidas mais movimentadas de Dourados, a Hayel Bon Faker. A via é o principal acesso para quem chega da região sul pela BR-163 e de Ponta Porã, pela BR-463.

Conforme a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), a licitação do tipo menor preço tem como objetivo contratar empresa especializada para execução de pavimentação, drenagem de águas pluviais, acessibilidade e sinalização viária da Avenida Hayel Bon Faker, no trecho entre a BR-163 e a Avenida Marcelino Pires.

O trecho incluído na licitação tem 3,5 quilômetros. O governo do Estado já fez o recapeamento do trecho da mesma avenida, da Marcelino Pires até o BNH 3º Plano, na região norte da cidade.

As obras de recapeamento desse primeiro trecho foram feitas em 2016, mas paralisadas a pedido da atual prefeita, Délia Razuk (PR), que na época tinha sido eleita. Délia pediu para o governador Reinaldo Azambuja também duplicar o trecho sul.

Há um mês, Reinaldo disse em Dourados que a obra, incluindo recapeamento, alargamento da pista com a redução do canteiro central, acessibilidade, sinalização e drenagem, vai custar pelo menos R$ 14,7 milhões.

“Só na drenagem para fazer a captação de água, que ali em dia de chuva vira um rio, serão investidos R$ 7 milhões”, afirmou. Délia Razuk disse que a obra vai transformar o principal acesso da cidade, definido por ela como “fila indiana” por falta de fluidez do tráfego.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions