A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

21/12/2015 13:32

Governo reajusta e pedágio na ponte do Rio Paraguai fica mais caro

Mariana Rodrigues
Ponte do Rio Paraguai está localizada na BR-262. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)Ponte do Rio Paraguai está localizada na BR-262. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

A partir de 1º de janeiro de 2016, quem passar pela ponte do Rio Paraguai, localizada na BR-262, região de Corumbá, a 410 quilômetros de Campo Grande, vai pagar mais caro pelo pedágio. A resolução com o reajuste dos valores foi publicada no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (21).

O reajuste foi baseado nos valores do IGPM (Índice Geral de Preços de Mercado) e calculado pela Fundação Getúlio Vargas. A nova cobrança entrará em vigor a partir do dia 1° de janeiro.

Segundo a publicação, o pedágio será cobrado dos condutores ou proprietários de quaisquer espécies de veículos automotores, que utilizarem a ponte de concreto como meio de ultrapassagem do Rio Paraguai.

Ficarão isentos do pagamento da tarifa, os condutores de veículos automotores de propriedade da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, inclusive de suas autarquias e fundações, bem como dos veículos pertencentes aos Estados estrangeiros e destinados às suas representações diplomáticas.

Atualmente a taxa por eixo é de R$ 8,50, mas a partir do primeiro dia de janeiro passa a custar R$ 9,20, um aumento de 8,23%. O pedágio para motocicletas passa de R$ 5,10 para R$ 5,50.

Confira a tabela com os novos valores.

Tabela divulgada no DOE (Diário Oficial do Estado). (Foto: Divulgação)Tabela divulgada no DOE (Diário Oficial do Estado). (Foto: Divulgação)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions