ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  28    CAMPO GRANDE 28º

Interior

Guarda encerra festa clandestina com 600 pessoas em chácara de distrito

Rapaz de 20 anos responsável pela organização da “rave” foi preso e levado para a delegacia

Por Helio de Freitas, de Dourados | 09/08/2021 12:10
Palco da festa clandestina encerrada pela Guarda em Dourados. (Foto: Divulgação)
Palco da festa clandestina encerrada pela Guarda em Dourados. (Foto: Divulgação)

Festa clandestina com pelo menos 600 pessoas foi encerrada ontem (8), pela Guarda Municipal, em Dourados, a 233 km de Campo Grande. A festa com música eletrônica acontecia em uma chácara no distrito de Vila Vargas, localizado à margem da BR-163, saída para a Capital.

Segundo a Guarda, a “rave” foi organizada por jovem de 20 anos. Ele foi preso e encaminhado para a Polícia Civil. No local, havia mega estrutura para shows com som, iluminação, DJ e telão de LED.

O rapaz, já respondendo processo por infração das medidas sanitárias determinadas por causa da pandemia de covid-19, alegou que comemorava o próprio aniversário.

A chácara foi alugada para o sábado e domingo por R$ 1.400,00. O organizador ainda alegou ter gasto R$ 5 mil na estrutura de som, iluminação e telão. Homens pagaram R$ 30 pela entrada e cada participante foi responsável por levar a própria bebida.

A comandante da Guarda, Liliane Graziele Cespedes de Souza Nascimento, disse que a fiscalização ocorreu após denúncia. “As equipes se dirigiram para o local e encontraram diversas pessoas descumprindo as medidas de biossegurança, previstas em decreto, sem máscaras e sem a disponibilização de álcool em gel”, informou.

De janeiro até agora, o Centro de Controle e Comunicação da Guarda fez 1.613 fiscalizações de casos de infrações às medidas sanitárias e recebeu sete mil denúncias.

Nos siga no Google Notícias