A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

06/06/2016 11:08

Há três dias policiais vasculham matas e rios à procura de assassino de idosa

Gilmar Muller é acusado de matar Juraci Franca com 23 facadas; crime ocorreu em assentamento no distrito de Prudêncio Thomaz

Helio de Freitas, de Dourados
Policiais militares dentro de córrego durante buscas a homem que matou idosa (Foto: RB em Tempo Real)Policiais militares dentro de córrego durante buscas a homem que matou idosa (Foto: RB em Tempo Real)
Gilmar Muller, o Cigano, é procurado por homicídio (Foto: Divulgação)Gilmar Muller, o Cigano, é procurado por homicídio (Foto: Divulgação)

Policiais militares retomaram na manhã desta segunda-feira (6) em Rio Brilhante, município a 163 km de Campo Grande, as buscas a Gilmar Darcy Muller, 41, o “Cigano”, acusado de matar com 23 golpes de faca a sitiante Juraci Franca, 77. O crime ocorreu na tarde de sexta-feira (3) em um sítio no Assentamento Sílvio Rodrigues, no distrito de Prudêncio Thomaz.

No fim de semana, mesmo embaixo de chuva, policiais militares fizeram buscas em matas, córregos e rios da região, mas não conseguiram localizar o acusado, que morava em um acampamento próximo ao assentamento.

Fugindo da polícia - Gilmar matou a mulher após pedir socorro na casa dela, alegando que a polícia estava atrás dele. Roseli França da Silva, filha de Juraci, contou à polícia que na sexta-feira foi até Nova Alvorada do Sul para vender milho, quando a mãe ligou informando que Gilmar estava na casa pedindo socorro, pois estava fugindo da polícia.

A vítima disse para a filha que Gilmar estava ameaçando a todos de morte, momento em que a ligação caiu. Depois de tentar por várias vezes falar com a mãe, Roseli ligou para a vizinha pedindo que ela fosse até o local saber o que estava acontecendo.

Antes de ir até o sítio, a vizinha acionou a Polícia Militar e quando chegou à casa encontrou a idosa caída no chão da cozinha, morta.

Juraci recebeu 23 facadas – dez nas costas, duas no peito, uma na barriga, três no ombro esquerdo, uma no pescoço, uma na mão direita, duas na mão esquerda e três na axila esquerda.

Segundo o site Rio Brilhante em Tempo Real, no dia 28 de maio deste ano, Gilmar fugiu de um cerco da PRF (Polícia Rodoviária Federal) quando foi flagrado bêbado, dirigindo um caminhão carregado com mudança. Ele teria oferecido uma TV para os policiais o liberarem. Para não ser preso, fugiu para o mato e só foi visto na sexta, quando matou a agricultora.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions