A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

26/03/2019 20:44

Homem confessa morte de vizinho que comeu galo, mas continuará livre

Daniel Rocha da Silva, de 30 anos, não era o dono do animal, mas foi quem "dedurou" que a vítima teria comido o galo

Adriano Fernandes
Vítima caída no local onde foi assassinado. (Foto: Rio Brilhante em Tempo Real) Vítima caída no local onde foi assassinado. (Foto: Rio Brilhante em Tempo Real)

Daniel Rocha da Silva, de 30 anos, confessou ter matado a pauladas o seu vizinho, Mauri Almeida Gonçalves, de 33 anos, na madrugada de domingo (24) no distrito de Prudêncio Thomaz, em Rio Brilhantes, cidade a cerca de 163 quilômetros de Campo Grande.

Mauri foi morto depois de comer um galo Garnisé de um outro vizinho. As informações iniciais eram de que o proprietário do animal é quem o teria assassinado, no entanto, nesta segunda-feira (25) a Polícia Civil divulgou a identidade do verdadeiro suspeito.

O desentendimento entre eles começou quando um dos galos invadiu a casa da vítima e foi morto. Daniel é quem teria denunciado ao dono do galo que Mauri havia comido o animal. Mauri então foi tirar satisfação com o autor da fofoca e, suspostamente, tentado agredí-lo. Momento em que Daniel pegou um pedaço de pau e o bateu até a morte.

Antes, a vítima até teria discutido com o dono do galo, mas quem o matou foi Daniel, conforme informou o delegado Guilherme Sarian do Sig (Setor de Investigações Gerais). Ainda conforme o site Rio Brilhante em Tempo Real, prestaram depoimento, além de Daniel, a sua esposa e o dono do galo. O suspeito vai responder pelo crime de homicídio simples em liberdade.

 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions