ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Homem corta dedo da esposa, corre para matagal e acaba preso

Por João Humberto | 31/12/2010 20:37

Um homem de 53 anos foi preso ontem à tarde, por volta das 16h45, após ferir o dedo da mão direita da esposa de 55 anos com uma faca. Ele foi denunciado pela enteada à polícia e quando os policiais chegaram ao local, o autor fugiu para um matagal, mas acabou sendo preso.

Conforme a PM (Polícia Militar) de Ponta Porã, o fato aconteceu na rua Educacional, bairro Manoel Pardial Urel. A filha da vítima relatou aos policiais que o padrasto usou uma faca de cortar pão para ferir sua mãe.

Ainda de acordo com a denunciante, as agressões do padrasto contra a mãe costumam acontecer com frequência. Ontem, porém, a polícia deu um basta na situação.

Ao ver uma viatura policial chegando a sua casa, o autor fugiu, mas acabou sendo detido, quando tentava sair do bairro na carona de uma motocicleta e correu em direção a um matagal. Interceptado, o agressor se negou a entrar na viatura e teve que ser colocado à força no veículo.

Durante o trajeto até a delegacia, o autor acusou os policiais de terem furtado R$ 852 reais que estavam em sua carteira. Mas no Distrito Policial, sua esposa disse que o único dinheiro que o marido tinha pegado eram R$ 10 reais emprestados com a mãe dele para comprar bebida alcoólica.

O autor foi entregue pela PM à 1ª Delegacia de Polícia Civil. Ele apresentou escoriações no braço, pelo fato de ter caído recentemente de uma motocicleta.