A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019

18/11/2017 19:38

Homem morto em carro incendiado seria pistoleiro do narcotráfico

Nyelder Rodrigues
Veículo com o corpo foi abandonado na MS-164, próximo a fronteira (Foto: Porã News)Veículo com o corpo foi abandonado na MS-164, próximo a fronteira (Foto: Porã News)

O paraguaio Fábio Martins Vilhasboa, de 35 anos, encontrado carbonizado dentro de um carro incendiado na noite de sexta-feira (17) na rodovia MS-164, em Ponta Porã - município localizado a 323 km de Campo Grande - seria pistoleiro que trabalhava para narcotraficantes da fronteira com o Paraguai.

De acordo com o site Porã News, Fábio é suspeito de envolvimento em vários homicídios na fronteira, entre eles a morte de uma criança na vizinha paraguaia, Pedro Juan Caballero, em 2016.

Além disso, outro indício de que ele atuava como pistoleiro é que o carro encontrado queimado pertencia a empresa GAAL Express Transportes, que pertencia ao narcotraficante Jorge Rafaat, morto em junho do ano passado ao ser atacado por um grupo rival, com tiros de munição de grosso calibre que perfuraram a blindagem do carro.

Ainda segundo o Porã News, a morte de fácil pode ter sido uma "queima de arquivo" ou acerto de contas entre facções criminosas. A região em que ele foi encontrado, na MS-164, é próxima à fronteira. O carro queimado é um Volkswagen Gol prata, com placas do Paraguai.

O caso é investigado pelo SIG (Setor de Investigações Gerais) de Ponta Porã, com apoio da Divisão de Homicídios da Policia Nacional do Paraguai. O corpo da vítima já foi identificado pela esposa no IML (Instituto Médico Legal).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions