ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 27º

Interior

Homem que matou amigo após ser flagrado com mulher da vítima se entrega

Alfredo Portilho Verão é acusado de assassinar Rosemir de Sousa Santos a golpes de faca

Helio de Freitas, de Dourados | 13/10/2022 16:44
Alfredo (de boné) quando chegava à delegacia acompanhado de advogado (Foto: Adilson Domingos)
Alfredo (de boné) quando chegava à delegacia acompanhado de advogado (Foto: Adilson Domingos)

Se apresentou na tarde desta quinta-feira (13) à Polícia Civil o homem acusado de matar Rosemir de Sousa Santos, 43, com dois golpes de faca em Dourados, a 251 km de Campo Grande. O crime ocorreu durante a madrugada na sitioca Altos da Lagoa, na região oeste da cidade.

Alfredo Portilho Verão, 60, teria praticado o crime após ser flagrado com a mulher de Rosemir. Ele se apresentou acompanhado do advogado Antonio Edilson e foi levado para depoimento na sala do SIG (Setor de Investigações Gerais).

Rosemir foi com golpes de faca no pescoço e no peito. O crime aconteceu na casa de Alfredo, na Rua Projetada 3. Momentos antes do crime, Rosemir, a esposa dele, de 36 anos, e Alfredo, bebiam juntos em um bar na margem da Avenida Guaicurus.

Segundo informações apuradas no local do assassinato, os três saíram do bar e Alfredo teria convidado o casal para irem até sua casa, para continuar bebendo. Rosemir teria recusado o convite, mas a mulher acompanhou Alfredo.

Em seguida, Rosemir chegou de carro na casa de Alfredo e iniciado discussão com o morador por ciúme por ciúme da esposa. Alfredo conseguiu pegar uma faca e desferiu dois golpes no amigo. Rosemir conseguiu caminhar até o quintal, onde caiu e morreu.

A perícia da Polícia Civil constatou que havia manchas de sangue no quarto, indicando que as facadas foram desferidas quando autor e vítima estavam nesse cômodo.

O advogado Antonio Edilson disse que Alfredo confessou o crime e afirma ter agido em legítima defesa, pois Rosemir o teria atacado primeiro após agredir a esposa. Ele também admitiu que tinha relacionamento extraconjugal com a mulher. Alfredo vai responder ao crime em liberdade.

Nos siga no Google Notícias