ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  31    CAMPO GRANDE 18º

Interior

Homem que matou colega e jogou corpo em rio é condenado a 12 anos de prisão

Jean foi a júri popular ontem (170 por matar no ano passado, Reginaldo Ferreira Penteado, 49 anos

Por Viviane Oliveira | 18/09/2020 06:57
Corpo da vítima foi encontrado boiando em rio (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação) 
Corpo da vítima foi encontrado boiando em rio (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Acusado de ter matado o colega de trabalho a facadas durante pescaria e jogar o corpo em rio, Jean de Souza Silva, 24 anos, no dia 14 de dezembro do ano passado, foi condenado a 12 anos em regime fechado. O crime aconteceu em Nova Andradina, distante 300 quilômetros de Campo Grande.

Jean foi a júri popular ontem pela morte do trabalhador Reginaldo Ferreira Penteado, 49 anos. Eles trabalhavam juntos numa carvoaria, quando durante pescaria, às margens do Rio Laranjal, os dois discutiram.

Na ocasião, o suspeito acabou esfaqueando a vítima até a morte. Logo após o crime, o corpo de Reginaldo foi jogado no rio e só foi encontrado cinco dias depois, boiando. O local da pescaria está localizado a 200 metros do alojamento onde autor e vítima estavam. Após o crime, o autor ainda teria ameaçado de morte uma testemunha, segundo o site Nova Notícias.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário